A aveia na musculação

A aveia na musculação

É comum encontrarmos pessoas que se dedicam à academia, na busca de um corpo belo e de uma saúde melhor. Além dos treinos, a alimentação é parte fundamental para atingir esses dois objetivos. A dica que daremos hoje é aumentar o consumo de aveia. A aveia na musculação é uma boa receita para uma saúde e um corpo melhor.


Carboidratos

Os carboidratos são responsáveis por produzir a energia do corpo, se consumido antes da prática esportiva aumenta a disposição e evita a fome durante o exercício. A aveia é uma ótima aliada no ganho de massa muscular por ter um baixo índice glicêmico, ou seja, demora mais para ser digerida e virar glicose sanguínea. 

Outra vantagem é que evita os picos de insulina, diminuindo o acúmulo de gorduras. É aconselhado comer aveia uma hora antes da atividade física.


Fibras

O funcionamento do intestino melhora consideravelmente com a inclusão de fibras na alimentação e a aveia é um alimento rico. A aveia possui a fibra betaglucana retarda o esvaziamento gástrico (maior tempo de saciedade), aumentam o volume do bolo fecal (diminuindo a absorção de colesterol pelo corpo), assim diminui a formação de placas de gorduras que causam doenças cardiovasculares. O farelo de aveia possui a maior quantidade de fibras. Uma dieta rica em fibras exige um maior consumo de água.

Proteínas e Vitaminas

A aveia é um dos cereais com maior concentração de proteínas, 20%. Proteínas são importantíssimas na formação de massa muscular e ajudam no bom funcionamento dos órgãos. Vitamina B5 ou Ácido Pantotênico auxilia no metabolismo de vários nutrientes, hormônios e na produção de anticorpos. 

Alguns dos efeitos da falta de Vitamina B5 são: insônia, câimbras, cólica, fraqueza, etc. A Vitamina E, que age de forma antioxidante, e a Vitamina B1, importantíssima para o sistema nervoso, também estão presentes na aveia.


Informações nutricionais

(Porção 100 g: Energia1628 kJ (390 kcal))


– Carboidratos: Carboidratos totais 66,3 g; Fibra dietética 10,6 g .


– Gorduras: Gorduras totais 6,9 g; saturada 1,2g; monoinsaturada 2,18g; poliinsaturada 2,53g.


– Proteínas: Proteínas totais 16,9g; Água 8,22g.


– Vitaminas: Tiamina (vit. B1) 0,76mg (66%); Riboflavina (vit. B2) 0,14mg (12%); Niacina (vit. B3) 0,96mg (6%); Ácido pantotênico (B5) 1,35mg (27%); Vitamina B6 0,12mg (9%); Ácido fólico (vit. B9) 56 µg (14%).

– Minerais: Cálcio 54 mg (5%); Ferro 4.72 mg (36%); Magnésio 177 mg (50%); Manganês 4.9 mg (233%); Fósforo 523 mg (75%); Potássio 429 mg (9%); Sódio 2 mg (0%); Zinco 3.97 mg (42%); β-glucano (fibra solúvel) 4 g.


A aveia pode ser consumida de várias maneiras: mingau, com frutas, iogurte, saladas, hambúrguer, albumina, etc. Existe uma infinidade de receitas que podem ser feitas com o uso de aveia, dando assim uma versatilidade maior no plano alimentar. O importante é manter uma dieta balanceada e aproveitar os inúmeros benefícios.


Bom treino e bom apetite!


Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema