Crescimento, Desenvolvimento E Maturação: Idade Cronológica X Idade Biológica

Crescimento, Desenvolvimento E Maturação Idade Cronológica X Idade Biológica

Com o passar dos anos, são vários os degraus alcançados pelo homem, resumindo as funções básicas inerentes ao desenvolvimento em: o crescimento, o desenvolvimento e a maturação.

O que é cada uma das fases?

O crescimento é definido como sendo a transformação quantitativa, ou seja, no que diz respeito ao aspecto biológico, cronológico (anos) e antropométricos (altura, peso, etc). Ou seja, o crescimento é o aumento na estrutura física realizada pela multiplicação de células.
O desenvolvimento é o aprimoramento de alguns componentes, sendo físico, mental, emocional, social, motor, ou seja, aprimorando o que era simples para um estágio mais evoluído.
A maturação se refere às transformações que capacitam o organismo alçar novos níveis de funcionamento. Com a maturação, cada dia que passa, estamos mais preparados para executar novas tarefas.

A maturação de acordo com a idade

A maturação biológica alcança níveis intensos de modificação durante a puberdade, em nosso caso, trabalhamos somente com crianças. A maturação biológica pode ser definida como; todas as mudanças morfológicas e fisiológicas que acontecem durante o processo de crescimento devido às transformações físicas, psíquicas e sociais, estabelecendo um elo entre a infância e o final da vida adulta (velhice). Com a criança vemos algumas transformações, mas este estado se torna mais visível na puberdade.
A aplicação de tais conceitos é de fundamental importância para a distinção de padrões maduros em determinada faixa etária. Por exemplo: a menina e um menino. A menina tem um desenvolvimento mais rápido do que o menino em determinadas fases do crescimento.
Dessas situações, podemos tirar alguns aspectos importantes. Apesar de idades semelhantes o grau de desenvolvimento é diferente e assim chegamos à idade biológica e cronológica.
A idade cronológica é a idade determinada pela diferença entre um determinado dia e o dia do nascimento do indivíduo. Gallahue (1989) apresenta a seguinte classificação para a idade cronológica:
• vida pré-natal (concepção a oito semanas de nascimento);
• primeira infância (um mês a 24 meses do nascimento);
• segunda infância (24 meses a 10 anos);
• adolescência (10-11 anos a 20 anos);
• adulto jovem (20 a 40 anos);
• adulto de meia idade (40 a 60 anos);
• adulto mais velho (acima de 60 anos).

Como funciona idade biológica?

A idade biológica, por outro lado, corresponde à idade determinada pelo nível de maturação dos diversos órgãos que compõem o homem. A determinação da idade biológica, fator importante nos estudos sobre aptidão física, treinamento desportivo, crescimento e desenvolvimento, pode ser efetuada por meio da avaliação das idades mental, óssea, morfológica, neurológica, dental e sexual, o que possibilita que se formem, basicamente, três grupos: pré-púbere, púbere e pós-púbere (Araújo, 1985).
Para Malina (1988), os indicadores mais comumente usados para determinar a maturação biológica nos estudos de crianças e jovens são a maturação esquelética e o desenvolvimento das características sexuais secundárias, ou seja, a maturação sexual.

Gostou do artigo? Inscreva-se no nosso blog, conheça os cursos da área e continue nos acompanhando.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Biologia.

Mais artigos sobre o tema