Efeito da Temperatura nos Microrganismos

A temperatura tem uma grande influência no crescimento de microrganismos. O processo de crescimento é dependente de reações químicas que são alteradas pela temperatura.

O que são os microrganismos?

Os microrganismos sempre se desenvolvem em uma faixa de temperatura, que compreende desde uma temperatura mínima para início, uma temperatura ótima e uma temperatura máxima. São conhecidas como temperaturas cardinais de uma espécie de microrganismo.

O crescimento dos Microrganismo e a temperatura

Segundo Pelczar (1996), as temperaturas cardinais de uma espécie particular podem variar em um estágio do ciclo de vida do microrganismo e com o conteúdo nutricional do meio. A temperatura pode afetar a taxa de crescimento, assim como o tipo de reprodução. Entretanto, a temperatura ótima para o crescimento pode não ser necessariamente a temperatura ótima para toda a atividade celular.

A temperatura ótima de crescimento é aquela que permite um desenvolvimento mais rápido, que irá variar para cada espécie de microrganismo. Ela permite que o microrganismo expresse o seu potencial máximo metabólico.

Durante esse processo são produzidas várias substâncias químicas, que são catalisadas por enzimas. O comportamento do crescimento está relacionado a uma gama de reações enzimáticas.

A temperatura de crescimento de um organismo pode variar para cada espécie. Essas variações podem ser maiores para alguns microrganismos que outros. Nas faixas de temperatura que são mais favoráveis ao crescimento é chamado de taxa de crescimento, cujo número de divisões celulares por hora dobra para cada aumento de temperatura de 10ºC.

Com relação ao crescimento ótimo, os microrganismos são classificados em três grupos, conforme a faixa de temperatura:

– Psicrófilos são microrganismos que crescem em baixas temperaturas.

– Mesófilos são microrganismos que crescem em temperatura ambiente.

– Termófilos são microrganismos que crescem em altas temperaturas.

Os psicrófilos crescem em temperaturas de 10 a 15ºC, mas há muitos microrganismos que se desenvolvem em temperaturas mais baixas. Fazem parte deste grupo bactérias, fungos, algas e protozoários. Esses agentes são encontrados em águas frias, em solos oceânicos e em regiões polares.

A maioria dos microrganismos marinhos são psicrófilos, como as bactérias do gênero Pseudomonas, Alcaligenes, Flavobacterium, Polaromonas. Os mesófilos crescem em temperatura ambiente de 25 a 40ºC.

Fazem parte deste grupo a maioria dos microrganismos patogênicos, pois esta faixa de temperatura está mais próxima da temperatura corpórea humana de 37ºC.

Destacam-se as bactérias saprófitas, fungos, algas e protozoários. Os microrganismos termófilos crescem em torno de 40 a 85ºC. Esses agentes são encontrados em áreas vulcânicas, em mistura de fertilizantes e em nascentes quentes.

Somente os microrganismos procarióticos crescem nestas temperaturas, como a bactéria

Bacillus stearothermophilus. O grupo das arqueobactérias é capaz de desenvolver em temperaturas acima de 100ºC, como a Pyrodictium occultum, Pirococcus woesei e Termococcus celer.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Microbiologia Geral. Conheça também nosso portfólio de cursos na área de Farmácia.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Biologia.

Mais artigos sobre o tema