Enzimas: O que são?

A enzima é muito importante para o nosso corpo humano e contam com um papel fundamental no nosso corpo atuando diretamente na energia de ativação das reações celulares.

O que são Enzimas?

Enzimas são grupos de substâncias orgânicas de natureza normalmente proteica, com atividade intra ou extracelular que têm funções catalisadoras, catalisando reações químicas que, sem a sua presença, dificilmente aconteceriam. 

No processo de replicação do DNA várias enzimas estão envolvidas, como a DNA-polimerase, helicases, proteínas SSB, ligases, topoisomerases e primase.

Helicases no DNA

As helicases são enzimas com função de quebrar as pontes de hidrogênio entre as bases, para que as duas fitas de DNA se separem. Essa separação é essencial para que a forquilha de replicação se movimente.
As SSB são proteínas que têm alta afinidade por DNA na forma de fita simples, ocorrendo a ligação de forma cooperativa. Sua presença no processo de replicação é de grande importância, pois ao se ligarem a fita simples do DNA, impedem que ela sofra torções, induzindo a conformação do DNA ideal para o pareamento das bases e consequentemente, a replicação.

O que é a Primase?


A primase é a enzima que sintetiza os primers (iniciadores) que são pequenas sequências de RNA, a partir de um molde de DNA. Em eucariotos, a atividade da primase está localizada como componente da DNA-polimerase.
A DNA-polimerase é a enzima que faz a síntese de uma nova fita de DNA. Ela possui a capacidade de adicionar nucleotídeos na extremidade 3’OH de uma região pareada do DNA, fazendo com que a cadeia se estenda no sentido 5’→3’.
As células eucarióticas apresentam vários tipos de DNA-polimerases como: α, δ, β, ε, e, sendo que α, δ, β e ε estão localizadas no núcleo, e está localizada na mitocôndria.

Célula Polimerase

A polimerase δ é responsável pela replicação do genoma nuclear, enquanto a polimerase α está envolvida na síntese do primer para o início da replicação e na formação dos Fragmentos de Okazaki. As polimerases β e ε participam dos processos de síntese durante a reparação do DNA. E a polimerase é responsável pela replicação de DNA mitocondrial.
Em bactérias existem três tipos de polimerases: DNA polimerase I, DNA polimerase II e a DNA polimerase III. A DNA polimerase I, possui baixa capacidade de polimerização 5’→3’ e é a única que possui atividade exonucleásica 5’→3’em DNA dupla fita.
A DNA polimerase II, possui uma capacidade de polimerização baixíssima e o seu papel na célula ainda não foi muito bem elucidado. Já a DNA polimerase III, é a principal responsável pela síntese das fitas de DNA devido a sua alta capacidade de polimerização.
Após a síntese do primer de RNA, a DNA polimerase III pode começar a polimerização no sentido 5’→ 3’. Além da polimerização, a DNA polimerase III possui atividade exonucleásica 3’→5’, essa atividade permite que logo após serem adicionados, os nucleotídeos sejam retirados e é conferido se o seu pareamento está correto (A com T e C com G).
A replicação em procariotos segue o mesmo padrão que em eucariotos, a maior das diferenças está nas enzimas polimerases que são cinco nos eucariotos, sendo uma exclusivamente mitocondrial e as outras quatro nucleares, enquanto que os procariotos apresentam três enzimas polimerases.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Bioquímica e conheça também nosso portfólio de cursos na área de Biologia.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Biologia.

Mais artigos sobre o tema