Farmacologia e Farmacocinética: Tudo sobre o assunto aqui

A Farmacologia é a ciência que estuda as interações dos elementos químicos, com os diversos sistemas biológicos do corpo humano. Para uma melhor compreensão das interações farmacológicas ela é dividida didaticamente em áreas: farmacodinâmica, farmacocinética, toxicologia, farmacoepidemiologia, farmacovigilância, farmacologia clínica, farmacognosia, farmacotécnica, fitoterapia.

O que é a Farmacocinética?


A farmacocinética é o caminho percorrido pelo fármaco no organismo, ou seja, são as etapas que ocorrem desde a administração (absorção), distribuição, metabolização (biotransformação) e saída (excreção) do medicamento. Essas etapas farmacocinéticas ocorrem simultaneamente, e essa divisão é apenas didática.

Após a administração de um fármaco ocorre a absorção, que é o caminho da droga percorrido até chegar a corrente sanguínea. Cada via de administração possui características próprias. A maioria dos fármacos administrados pela via oral e em menor proporção pela via retal sofre o efeito de primeira passagem. Isso significa que parte do fármaco é metabolizado, principalmente pelo fígado, antes de chegar à circulação sistêmica. Com isso, uma porção da droga será eliminada do organismo, reduzindo assim seu efeito farmacológico.

Vale lembrar que, na via endovenosa não ocorre absorção, pois o fármaco é administrado diretamente na circulação sistêmica. Após a absorção do medicamento, ocorre a distribuição, que é a chegada do fármaco pela circulação até os tecidos, através de proteínas plasmáticas. Lembrando que, droga ligada não exerce efeito farmacológico.

Logo após a droga começar a exercer seus efeitos, ela passa a sofrer a biotransformação (metabolização). O medicamento passa pelo fígado (principalmente), onde é biotransformado em um produto mais hidrofílico. Esse processo visa a eliminação (excreção) do fármaco pelos rins (principalmente).

De acordo com Silva (2010) as principais vias e sistemas de administração das drogas são as seguintes:



l. Oral
2. sublingual ou bucal
3. parenteral
4. tópica
5. transdérmica
6. Intraocular
7. Intrarrespiratória
8. retal
9. intravaginal
10. intrauterina
11. uretral e peniana
12. novos sistemas de administração de drogas

Porque é importante conhecer


O conhecimento dos processos farmacocinéticos é de grande importância para o profissional da área da saúde. Pois baseado nesses processos, ele poderá determinar a dosagem, a posologia e a toxicidade de determinada droga.

Afinal, esse tema estuda de forma quantitativa a utilização de uma metodologia matemática para descrever a cronologia dos processos de administração, absorção, distribuição, biotransformação e eliminação das drogas as variações no tempo dos processos de administração, absorção, distribuição, biotransformações e eliminação das drogas, de acordo com o que define, Silva (2010).

Agora que você conhece tudo sobre o assunto, inscreva-se no nosso blog, conheça os nossos cursos e continue nos acompanhando para se manter informado.

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto! Conheça os cursos na área da Biologia.

Mais artigos sobre o tema