Fundamentos do futebol: condução de bola

Todos sabemos que o futebol é uma paixão nacional. É muito comum que um dos primeiros brinquedos de uma criança seja uma bola. Assim desde pequenos nos familiarizamos com o pegar, jogar, chutar, passar e demais movimentos que é natural fazermos ao brincar de bola com os pais ou amigos. Ao passo que a criança passa a realmente jogar futebol, podemos passar a falar de fundamentos.

Como em qualquer esporte, o futebol possui fundamentos básicos técnicos, que envolvem valências que são desempenhadas ao longo do jogo, como chute, passe, cabeçada e, o foco desse nosso texto, a condução de bola.

Apesar de até agora termos somente falado sobre o aspecto do viés infantil, os fundamentos, como a condução de bola, são essenciais para todo e qualquer praticante, seja amador ou profissional. O desenvolvimento errático desses fundamentos causa deficiências na performance do atleta no decorrer do jogo.

Focando na condução de bola, precisamos primeiramente definir de maneira clara no que ela consiste, e explicar os tipos que existem, uma vez que existe mais de uma maneira para que o atleta consiga efetuar esse movimento, e o domínio das variadas maneiras faz com que ele tenha uma gama maior de repertório para ações durante o jogo. Abaixo vamos apresentar as definições inerentes ao fundamento.

O que é uma condução de bola

A condução de bola é a forma mais indicada e de maior aplicabilidade em como movimentar-se após ter dominado a bola, sem, contudo, perdê-la de contato, ou seja, é o movimento que se faz levando a bola sobre o seu domínio.

Condução de bola com o peito do pé

Na condução de bola com o peito do pé, a bola deverá ser movimentada após o seu domínio com a superfície superior do pé (peito do pé). É a forma de condução menos utilizada, haja vista a dificuldade em se manter a bola em movimento e sobre domínio. O corpo deve estar ligeiramente inclinado para frente mantendo a bola a uma distância máxima de aproximadamente 80 cm dos pés que a conduzirão até o momento de um passe ou chute a gol.

Condução de bola com a parte interna do pé

A condução de bola com a parte interna do pé é o meio mais utilizado em uma partida de futebol, ou seja, movimentando-se dentro da área de jogo e levando a bola sobre seu domínio com a parte interna de um dos pés ou mesmo utilizando ambos alternadamente para conduzi-la.

Condução de bola com a parte externa do pé

A condução de bola com a parte externa do pé também é muito utilizada, tendo em vista um deslocamento mais longo e rápido com a bola sobre seu domínio. Neste caso, a bola poderá ultrapassar apenas uma distância de aproximadamente 80 cm dos pés.

Condução de bola com a sola do pé

Dentro do futebol de campo, a condução de bola com a sola do pé é pouco utilizada, pela dificuldade de locomoção. Tendo em vista que a superfície de jogo em muitas das vezes não é regular. Consiste em movimentar-se com a bola dominada levando-a com a sola de um dos pés, sem perdê-la de contato com seu corpo. É um deslocamento lento, porém muito seguro.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área de Conhecimentos Gerais.

Mais artigos sobre o tema