Planos, Eixos e Nomenclatura dos Movimentos na Cinesiologia

Cinesiologia é a ciência que analisa e entende a mecânica dos movimentos. Sendo uma das disciplinas mais importante no curso de Educação Física uma vez que é fundamental para elucidar as ações dos músculos quanto aos movimentos que estes permitem.  Uma análise precisa dos movimentos do corpo depende de uma descrição correta das mobilidades articulares e ações musculares que constituem cada padrão de motor.

Cinesiologia e área da saúde

Não somente os profissionais de Educação Física, assim como diversos outros profissionais da saúde necessitam da compreensão dos movimentos articulares, em relação ao plano e eixo que são realizados. Tais como: médicos, fisioterapeutas, técnicos de esportes, treinadores, coreógrafos, bailarinos, entre outros. Essa percepção cinesiológica e de localização das partes do corpo e suas posições no espaço,permite formar uma melhor base na elaboração de programas de atividades, treinamentos e exercícios educativos por parte destes profissionais acima citados.

Para entendermos os movimentos, precisamos compreender que eles são descritos ocorrendo em planos imaginários e eixos articulares que se relacionam de forma perpendicular aos planos. Por convenção, os movimentos articulares são definidos em relação à posição anatômica.

O que é a posição anatômica?

A posição anatômica é um conceito padronizado para a realização das descrições realizadas em um modelo anatômico, ou seja, o corpo. Foi determinada para que não ocorram dúvidas e equívocos ocasionados por emprego de terminologias diferentes nas análises cinesiológicas.

Podemos descrever a Posição Anatômica como o “indivíduo em posição ereta (em pé, posição ortostática ou bípede), com a face voltada para frente, olhar dirigido para o horizonte, membros superiores estendidos, aplicados ao tronco e com as palmas voltadas para frente, membros inferiores unidos, com as pontas dos pés dirigidas para frente”.  O emprego dessa posição inicial é a referência para se estabelecera origem de um movimento.

É utilizando a Posição Anatômica que se parametriza o corpo com os três planos de orientação, que são mutuamente ortogonais. Cada um deles se intercepta de forma perpendicular ou em ângulo reto como os outros dois planos.Os eixos são pontos de referência nas articulações, que se localizam de forma perpendicular ao plano, onde ocorrem o movimento.

A seguir descreveremos os planos imaginários e eixos convencionados para o estudo de seus respectivos movimentos:

Plano Sagital

É uma linha que atravessa o corpo, de frente para trás, o dividindo simetricamente em partes direita e esquerda. As ações articulares que ocorrem no plano sagital são em torno de um eixo horizontal ou transversal e incluem os movimentos de flexão e extensão.

Plano Frontal

Também conhecido como Plano Coronário divide o corpo em partes anterior, ou ventral e posterior, ou dorsal. É como se separasse a parte da frente da parte de trás do modelo anatômicol.  As ações articulares nesse plano ocorrem em torno de um eixo anteroposterior (AP) e incluem os movimentos de adução e de abdução.

Plano Transversal

Podendo ser igualmente denominado como Plano Horizontal divide o corpo ao meio, como se separasse o modelo em parte superior, ou cranial e inferior, ou caudal. As ações articulares ocorrem em torno de um eixo longitudinal ou vertical e incluem os movimentos de rotação medial (interna), rotação lateral (externa), pronação  e supinação.

Quando juntos, os três planos colocados sobre o corpo em posição anatômica formam um ponto de intersecção.

Portanto, o Plano Sagital apresenta movimentos no eixo látero-lateral e perpendicular ao Plano Frontal; o Plano Frontal apresenta movimentos no eixo ântero-posteriore perpendicular ao Plano Transversal; e o Plano Transversal apresenta movimentos no eixo longitudinal e perpendicular ao Plano Sagital.

Os termos que descrevem os movimentos podem ser usados para diversas articulações em todo o corpo e dependem das possibilidades de cada articulação em realizar tais movimentos. Portanto, alguns são específicos de certas regiões. A definição de um movimento deve contemplar a utilização de seu termo correto respeitando a posição anatômica.

As nomenclaturas cinesiológicas são universais para que possa facilitar o entendimento entre os profissionais das diversas áreas da saúde. O conhecimento dessas terminologias proporciona melhor clareza de informações e, ainda, facilita a preparação e execução de um planejamento e programa de exercícios por parte desses profissionais.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Biologia.

Mais artigos sobre o tema