Tipos de Hortaliças

Elas estão todos os dias nas mesas de milhares de pessoas e seu consumo tende a crescer cada vez mais. Estamos falando das hortaliças brasileiras e de como elas vêm sendo valorizadas nos últimos anos, tanto no mercado nacional como internacional.

Podemos conceituar as hortaliças pelo conjunto de vegetais cultivados em horta, onde as partes como as raízes, caules, folhas, frutos, e até as sementes são passiveis de consumo como alimento.

De consumo imprescindível, as hortaliças devem sempre estar presentes na alimentação das pessoas, pois são alimentos reguladores que tem como características serem fontes de vitaminas, minerais, nutrientes que mantém o equilíbrio do organismo e o auxiliam a manter seu pleno funcionamento.

Destacando algumas hortaliças, temos a cenoura, abóbora, almeirão, brócolis, entre outros, que são fontes de vitamina A, vitamina essa essencial para a visão e manutenção da pele. Já os espinafres, couves, pimentão verde, entre outros, são ricos em vitamina C, responsáveis pelo combate a infecções e no processo de cicatrização.

Alheio ao âmbito das vitaminas e minerais presentes nesses alimentos, temos que destacar também uma série de compostos bioativos que também estão presentes nesses vegetais e auxiliar no combate e prevenção de doenças. Um desses compostos é o licopeno (pigmento vermelho) presente no tomate, na melancia, etc., que tem propriedades anticancerígenas e atuam como antioxidantes.

Destacam-se ainda a riqueza em fibras de determinadas hortaliças, fundamentais para proteger a flora intestinal, eliminar toxinas do organismo, e mais uma variada gama de benefícios.

Abaixo vamos apresentar uma série de tipos de hortaliças, exemplificando uma a uma:

  • Verduras: Alface, chicória, agrião, rúcula, almeirão e etc.;
  • Flor: Alcachofra, brócolis, couve-flor e etc.;
  • Fruto: Abóbora, berinjela, chuchu, jiló, pimentão, pepino, quiabo, tomate e etc.;
  • Legume: Ervilha e feijão-vagem;
  • Raízes: Batata-doce, beterraba, cenoura, mandioquinha, mandioca, nabo, rabanete e etc.;
  • Tubérculo: Batata, inhame e etc.;
  • Bulbo: Cebola;
  • Haste: Aspargo.

Cada hortaliça possui uma coloração e as cores podem variar do verde, passando pelo amarelo, até chegar ao roxo. Cada pigmento é responsável por uma propriedade e justamente por esta razão todas as hortaliças são indispensáveis para o organismo.
As verduras cruas, em forma de saladas verdes, são muito utilizadas pelas pessoas que estão acima do peso, por se tratar de um alimento que sacia a fome e ao mesmo tempo é rico em fibras e tem baixa caloria. Não é aconselhável, contudo, ingerí-las com molhos gordurosos ou cremosos, justamente pelo seu alto teor calórico.
Dentre as verduras conhecidas, a mais popular é a alface. O seu consumo vem aumentando a cada dia, pois além de ser saudável, tem um baixo custo. Por outro lado, outros tipos de verduras como o agrião, a chicória, a escarola, a rúcula são mais nutritivas que a alface e muitas pessoas consideram as primeiras até mais saborosas que a segunda.
Porém, outras pessoas consideram a chicória, a escarola e o agrião um pouco amargo e não se adaptam com seu sabor. A saída para essa situação seria misturar a alface com essas outras verduras e assim conseguir agradar e atrair um número maior de adeptos.
A rúcula é da mesma família dos brócolis, repolho, com um sabor picante e apimentado. As alfaces e outros vegetais com uma coloração mais intensa contêm alto teor de bioflavonoides, que trabalhando junto com a vitamina C e outros antioxidantes conseguem prevenir danos às células causadoras de câncer.

Gostou do nosso conteúdo e ficou interessado em saber mais? Continue acompanhando o conteúdo do portal e venha conhecer os nossos cursos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema