Atividades Lúdicas que Auxiliam na Psicomotricidade

A Coordenação motora é a capacidade de coordenação de movimentos decorrente da integração entre comando central (cérebro) e unidades motoras dos músculos e articulações.

De acordo com Lopes et.al. (2003), o conceito de coordenação motora é abordado em diferentes âmbitos, contextos e áreas científicas (controle motor, aprendizagem motora, desenvolvimento motor, biomecânica, fisiologia). Assim, a coordenação motora pode ser analisada segundo três pontos de vista:

a) Biomecânico, dizendo respeito à ordenação dos impulsos de força numa ação motora e a ordenação de acontecimentos em relação a dois ou mais eixos perpendiculares;
b) Fisiológico, relacionando as leis que regulam os processos de contração muscular;
c) Pedagógico, relativo à ligação ordenada das fases de um movimento ou ações parciais e a aprendizagem de novas habilidades.

E neste artigo queremos apresentar algumas atividades lúdicas que auxiliam no desenvolvimento infantil. Antes de continuarmos, precisamos entender outro conceito, a Psicomotricidade.

O que é Psicomotricidade?

Existem muitos conceitos que permeiam a psicomotricidade e o que faz mais sentido é que conceitua o termo como uma ação de finalidade pedagógica e psicológica utilizando os parâmetros da educação física com a intenção de melhorar o comportamento da criança com seu corpo. Porém, há ainda quem defenda que a psicomotricidade seja uma ciência que estuda o indivíduo por meio de seu movimento e a interação social.

Coordenação motora ampla

É o trabalho que vai apurar os movimentos dos membros superiores (braços, ombros, pescoço e cabeça) e inferiores (pernas, pés, quadris). As atividades envolvidas nesta prática dizem respeito à organização geral do ritmo, ao desenvolvimento e às percepções gerais da criança.

Existem diversas atividades que podem desenvolver estes aspectos nas crianças e abaixo, vamos citar algumas que aliás, são supersimples e que podem ser realizadas em casa mesmo.

Confira as atividades que ajudam no desenvolvimento infantil:
1) Saltar a corda; 

2) Cobrinha; 

3) Lançar;

4) Deslocamento; 

5) Abraçados;

6) Corrida das bolinhas; 

7) O presente;

8) Bola por cima;

9) Bola pela lateral; 

10) Bola por baixo;

11) Minhocão;

12) Controlar o jornal no corpo;

13) Montar quebra-cabeça gigante no chão;
14) Correr com fitas coloridas sem deixá-las tocar o chão;
15) Jogar bolas de ar (bexiga, balão) para o alto e não deixá-las tocar o chão;
16) Rodar pneu de borracha.

Coordenação motora fina e o desenvolvimento infatil

Diz respeito aos trabalhos mais finos, aqueles que podem ser executados com o auxílio das mãos e dedos, especificamente aqueles com grande importância entre mãos e olhos.

O bom desenvolvimento da coordenação fina garantirá um bom traço de letra e será observado quando, por exemplo, a criança pega água em um copo plástico sem derramar ou equilibrando a força necessária para colorir desenhos nas mais diferentes texturas e superfícies.

Atividades que incentivam o desenvolvimento:

1) Amassar e desamassar;
2) Amarrado;

3) Tampa e destampa;

4) Empilhar e desempilhar;
5) Bola de gude;
6) E, dominós.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira os cursos de Atividades Lúdicas e Pedagogia Lúdica, e utilize o certificado dos cursos para complementar suas atividades acadêmicas.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »