Concepções escatológicas: pré – tribulacionismo e pós – tribulacionismo

Escatologia (do grego antigo εσχατος, “último”, mais o sufixo -λόγια, “estudo”) é uma parte da teologia e filosofia que trata dos últimos eventos na história do mundo ou do destino final do gênero humano, comumente denominado como fim do mundo.

Para expor essas duas perspectivas de pré e pós – tribulacionismo, recorre-se ao texto bíblico de Apocalipse. Visto que propõe-se aqui tratar da escatologia cósmica. Para o autor Harbin (2006), o leitor ao estudar o livro de Apocalipse deve analisar, avaliar e interpretar de forma minuciosa para definir algumas linhas interpretativas.

Entre as diferentes correntes escatológicas, basicamente o principal assunto discutido é o milênio, além é claro, do modo como se interpreta o livro do Apocalipse como um todo. Embora se dividam em quatro visões escatológicas diferentes, dentro de cada uma das quatro visões ainda existem diferentes interpretações de pontos específicos por seus adeptos. 

Pré – tribulacionismo

Para os que acreditam nessa teoria defende que a Igreja de Cristo será arrebatada antes do início da grande tribulação que acontecerá no fim dos tempos. Assim os escolhidos não experimentariam da ira de Deus e de grandes sofrimentos que ocorrerão naquele período de tempo.

E para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura (I Tessalonicenses: 1:10).

Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo (I Tessalonicenses: 5:9).

E disseram aos montes e aos rochedos: caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do cordeiro, 17-porque chegou o grande Dia da ira deles, e quem é que suster-se? (Apocalipses: 6: 16-17).

Pós – tribulacionismo

Essa doutrina ensina que a igreja continuará na terra durante a grande tribulação. Acredita que a igreja passará pela grande tribulação, mas não estará sob a ira de Deus que irá estender um julgamento sobre o pecado.

Seguia-o numerosa multidão de povo, e também mulheres que batiam no peito e o lamentavam. Porém Jesus, voltando-se para elas, disse: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; choreis, antes, por vós mesmas e por vossos filhos! Porque os dias virão em que se dirá: bem – aventuradas as estéreis, que não geraram, nem amamentaram. Nesses dias, dirão aos montes: caí sobre nós! E aos outeiros: cobri-nos! (Lucas: 23:27030).

De acordo com Erickson (2005), os que acreditam no pré – milenismo, o milênio não será uma sequência das tendências que já atuam hoje no mundo, havendo um divisor entre o que está acontecendo no presente e haverá uma grande mudança e a situação mundial atingirá um estado de crise antes de Cristo vir estabelecer o milênio, que será um período de paz.

Na concepção pós tribulacionismo não existe intervalo entre a vinda de Cristo para a Igreja e o final da tribulação, acreditam que os eleitos de Deus, ainda estarão na terra durante a tribulação.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »