Crianças pequenas: Brincadeiras com os pequeninos

O desenvolvimento dos pequenos é algo fundamental para se tornarem pessoas e adultos muito melhores. Para ajudar nesse importante momento, separamos algumas brincadeiras que você pode fazer em casa durante esse momento de pandemia, para incentivar o desenvolvimento do seu pequeno.

Confira quais são as nossas dicas:

Jogo de Boliche diferente

Para crianças de 2 a 7 anos:
 
Objetivos: o principal objetivo é desenvolver a percepção visual-motora.

Materiais: Utilizar acima de 06 garrafas pet. Colocar areia até a metade, completar com papel picado colorido. Fechar as garrafas. Fazer uma bola de meia.

Desenvolvimento: Dividir a turma em pequenos grupos e arrumar as garrafas a uma distância de 2 metros, sortear o grupo que começa e dar início ao jogo. Vejam quantas garrafas foram derrubadas. Ganha o grupo que derrubar mais garrafas.


Revezamento do Coelhinho


Idade: 3 – 8 anos:

Material: Giz, pequenos baldes, cones ou outro material que possibilite a marcação.

Objetivo: Desenvolvimento da habilidade motora. Noção do trabalho em equipe e jogo competitivo.

Jogando:

Dividir as crianças em duas equipes. Marcar com o giz a linha de saída /chegada e com os cones ou baldes o ponto de retorno.

Colocar as equipes em colunas atrás da linha. Ao ouvir o sinal, a primeira criança de cada equipe sai saltando como um coelhinho até o cone, contorna-o e retorna até a linha, onde a próxima criança fará o mesmo processo. Assim sucessivamente até chegar à última. Vence a equipe que terminar primeiro.

Para deixar mais fácil:

1. Permitir que o coelho pule da forma que a criança achar melhor.


O baú de roupas:

Para crianças de 2 a 7 anos:

Objetivos: desenvolver a imaginação, o “faz-de-conta”.

Desenvolvimento: Encontrar um baú de madeira, caixa ou algo parecido, colocar várias peças de roupas e acessórios de adulto.

As crianças devem retirar do baú roupas, acessórios e depois devem vestir a roupa escolhida.

Organize um desfile de modas ou faça com que ela dramatize situações. Os menores podem apenas se fantasiar. É interessante também levá-los até o espelho para se olharem.

Dependendo da reação que apresentarem como: medo, alegria, estranheza. O professor deve conversar com eles sobre tais sentimentos.


Colocando o rabo do Coelho

Idade: a partir de 3 anos:

Material: Cartolina com o desenho de um coelho da páscoa, de costas.

Pompom feito de lá ou outro material.

Fita crepe.


Venda

Objetivo: desenvolver a habilidade motora. Melhorar a noção de espaço.

Jogando:

Fixe o desenho em uma parede em uma altura ao alcance dos participantes.

Coloque fita crepe no pompom.

Iniciar o jogo pedindo para a criança observar a figura. Depois que tiver observado vedar a criança.

Girar a criança vedada, parando de frente para o desenho. Mandar que ela cole o rabo do coelho no local adequado.


Jogo do tabuleiro

Material: confeccionar um tabuleiro para cada criança contendo 25 divisões. Um dado com pontos ou numeração. Para preencher o tabuleiro fichas, tampinhas, etc.

Aplicação: cada jogador, na sua vez, joga o dado e coloca no tabuleiro o número de tampinhas indicado no dado. Ganha quem encher seu tabuleiro.

Obs: Indicado na ajuda à criança em contagem e numeração.


A carta maior

Material: baralho de cartas de “ÁS” até “10”.

Aplicação: distribuir as cartas entre todos. Mandar que cada criança arrume suas cartas viradas para baixo, sem olhar para numeração.

Iniciar o jogo mandando que virem a carta que se encontra em cima da sua pilha. Depois COMPAREM os números. Aquele que virar a carta de número maior pega todas as cartas que estão na mão dos outros para si e coloca num monte à parte. Jogar até as pilhas terminarem.

Se as cartas desviradas forem de mesmo valor, desprezar na mesa e virar as próximas do seu monte. O vencedor é aquele que pegar o maior número de cartas.

Obs: auxilia na aprendizagem de contar e no reconhecimento de numeração.

Gostou do artigo? Inscreva-se no nosso blog, conheça os cursos da área e continue nos acompanhando.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »