Exportação e importação: Qual a diferença e quais suas vantagens?

Quem entra na área de Comércio Exterior precisa conhecer os conceitos básicos da profissão. Existem dois termos que são de muita importância e que fazem toda a diferença nos processos de comex. Que são: Importação e Exportação

Exportar: significa a saída de um produto ou mercadoria de um país para o outro. Por exemplo: O Brasil vende o algodão para a China.

Importar: É quando um país compra mercadorias ou produtos originados de outro país. Por exemplo: O Brasil compra o gás natural da Bolívia.

O que é importação?

O ato da importação de um bem ou produto, acontece quando um país compra mercadorias ou produtos originados de outro país. Ou seja, os produtos são fabricados em outros países e comprados pelo Brasil ou qualquer outro país, por exemplo. 

Um dos principais motivos que a importação de produtos é realizada, é a necessidade de suprir a falta de matéria prima ou mão de obra interna que existe no brasil que pode não dar conta da demanda necessária. 

O que é a Exportação?

Ao contrário da importação, que é quando o país compra um produto ou bem de outro país para uso interno, a exportação acontece quando as empresas de dentro do país, ou seja, empresas nacionais, vendem seus produtos ou serviços no exterior.

Existem diversificadas razões pela qual uma empresa decide exportar os seus produtos, ou seja, vender para fora do país. Uma e talvez uma das mais fortes razões para esse novo formato de venda, elas podem querer entrar em mercados novos, e assim, expandir e internacionalizar. 

Ou ainda, algumas empresas também decidem exportar para atender uma demanda que existe no exterior, mas que não existe internamente, o que é muito comum e a exportação também é uma ótima maneira de diminuir o excedente da oferta e tornar a produção mais eficiente.

Quais são as vantagens de uma exportação:

  • Maior produtividade: Aumenta a escala de produção;
  • Diminuição da carga tributária: A empresa pode compensar o recolhimento dos impostos internos na exportação;
  • Aperfeiçoamento dos recursos humanos: As empresas que exportam podem oferecer melhores salários e treinamentos para seus funcionários;
  • Aperfeiçoamento dos processos industriais: Melhora a qualidade e a apresentação de seus produtos. A empresa também passa a ter melhores condições para as competições internas e externas;
  • Aumento da capacidade inovadora: As empresas que exportam passam a ter tendências inovadoras em relação às não exportadoras;
  • Imagem da empresa: A empresa passa a ser referência tanto em seu país quanto no exterior;

Vantagens da importação:

  • Baixo custo de aquisição da moeda em relação ao país comprador;
  • Incentivo do governo federal para a importação;
  • Variação cambial favorável à importação;
  • Baixa agregação de mão de obra;
  • O tempo de importação passa a ser menor que o tempo de fabricação nacional.

Importar e exportar são fatores importantes para a economia de qualquer país, principalmente para os desenvolvidos e subdesenvolvidos.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Planejamento Tributário. Conheça nosso portfólio de cursos na área de Administração e Gestão.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área de Comércio e Indústria.

Mais artigos sobre o tema

A Origem do Queijo
Comércio e Indústria

A Origem do Queijo

O queijo existe há pelo menos seis mil anos e sua origem é uma incógnita. Conta à lenda que o primeiro queijo teria sido obtido

ler artigo »
Risco físico no ambiente de trabalho
Comércio e Indústria

Risco físico no ambiente de trabalho

São riscos ambientais que se apresentam em forma de energia como os ruídos, temperaturas extremas, vibrações, radiações ionizantes, radiações não ionizantes, frio, calor, pressões anormais

ler artigo »