Filosofia e educação: A relação que às une

O termo Filosofia possui várias definições e conceitos, no dia a dia, vemos uma infinidade de pessoas utilizando este termo, sem mesmo saber o seu verdadeiro significado. Devido a conceitos complexos vindos por parte dos teóricos, as maiorias das pessoas preferem não dar a devida importância a isto.

O que é Filosofia?

Um conceito básico de Filosofia seria que ela é um conjunto de informações vindo de um esforço feito por parte dos seres humanos para a compreensão do mundo que os rodeia, e dar-lhe sentido, um significado compreensível.

Ao depararmos com um texto filosófico, nos apropriamos do conhecimento que o autor adquire do momento que o norteia, dando ênfase aos valores que dão sentido a esse mundo.

A Filosofia se expressa como uma forma de entendimento, a qual oferece um direcionamento para a ação do ser humano, em poucas palavras, só se pode agir a partir de um breve ou longo esclarecimento do mundo e da realidade.

O pensamento de Filosofia, ou filosófico, que é estabelecido, possui serventia ao poder dominante. Os conceitos de Aristóteles são mais ligados à filosofia política, com isso, os anseios do segmento político acabam dominando a sociedade.

Diante do exposto sobre o processo de filosofar entende-se que não se pode afirmar que filosofar é inútil, nem que filosofar é difícil e só pode ser praticado por pessoas donas de um grande e extenso conhecimento.

Quando não filosofamos, não temos um conjunto que nos orientes sobre o mundo, com isso, passamos a assumir o que é hegemônico na sociedade cotidiana, onde passamos a viver em “senso comum”, adquirindo conhecimentos aleatórios, sem a devida orientação sobre o mundo.

Como acontece o processo de filosofar?

O processo de filosofar, dar-se primeiro por inventariar valores, os quais serviram para orientar a sociedade sobre a prática humana, valores estes que são desvendados pela crítica, contudo, vê-se que o exercício de filosofar nada mais é que um esforço o qual é imaginado, ou inventário, possuindo o auxílio da crítica para a construção de conceitos.

Entende-se por educação uma tipologia de atividade a qual é caracterizada inteiramente por uma preocupação em relação a uma meta a ser atingida, a relação entre Filosofia e Educação possuem uma semelhança pelo fato de que a Educação tem o intuito de trabalhar com o processo de desenvoltura de novas gerações com a sociedade, e a Filosofia reflete como isto irá ocorrer na sociedade, com isso, a Filosofia acaba fornecendo uma reflexão referente à sociedade que a mesma está situada.

Entendendo as três tendências filosóficas

Existem três tendências filosóficas políticas para compreender a Educação, que se constituíram ao longo da prática educacional. Estas tendências podem ser compreendidas a partir dos seguintes conceitos: educação como redenção; educação como reprodutora; e educação como um meio de transformação da sociedade. Filosofia e Educação sempre estarão ligadas seja em tempo ou espaço, este fato nunca poderá ser mudado, por simplesmente está em nossa existência.

Uma Pedagogia é constituída por elementos voltados a filosofia da educação, elementos estes em forma de processos socioculturais, forma de organização educacional etc. A partir desses elementos ou pressupostos que se pode constituir uma pedagogia, pois nenhuma outra concepção foi apresentada para devido fim.

A educação é concebida devido a três concepções, o que se pode questionar é a relação de sentido e valor o qual a educação se torna responsável pelo andamento que se tem a sociedade, no entanto, outros afirmam que a educação de alguma forma reproduz a sociedade, outro conceito que se pode citar, é que a educação é uma instância mediadora de uma forma de entender e viver na sociedade.

A tendência redentora

Uma das tendências às quais compõem a educação é a tendência redentora que procura conceber a sociedade como um conjunto de seres humanos os quais sobrevivem e vivem em um todo orgânico e harmonioso, que possuem desvios de grupos e indivíduos que ficam a margem desse todo, visto isso se percebe que a educação se define como uma instância social a qual servirá para a formação social do indivíduo.

Outra tendência afirma que a educação é feita integralmente e alguma parte da sociedade a reproduz no seu modelo vigente, e aborda a educação como uma instância dentro da sociedade, e a perpetua.

O que busca a tendência reprodutora

Diferente da tendência redentora, que busca tornar a sociedade basicamente perfeita, servindo como uma instância corretora, a tendência reprodutora busca entender a sociedade como um elemento dela própria.

A última tendência procura na educação uma compreensão que servirá como mediação, a qual vem de um projeto social, entende-se, com isso, que essa tendência serve de meio para a realização de projetos que virão ser aplicados na sociedade cotidiana, projeto este que poderá ser conservador ou transformador.

É possível ver que esta tendência não se aplica ao serviço conservador, procurando expor que a educação é compreensível dentro da sociedade.

A tendência crítica

Os teóricos da terceira tendência exposta no texto defendem a ideia de que a educação não tem, e nunca terá um papel realmente ativo perante sociedade apenas considera a possibilidade de uma ação feita a partir de seus condicionantes históricos.

Diante do exposto pode-se concluir que a terceira tendência pode ser considerada “crítica” pelo fato de ser uma instância social e de lutar por uma transformação coerente na sociedade.

Aqui foram apresentadas as três tendências filosóficas que interpretam a educação, todas elas defendidas por teóricos, filósofos e dentre outros, que acreditam na transformação da sociedade, e a importância que tem a educação sobre ela.

Gostou do artigo? Inscreva-se, conheça os cursos da área e continue nos acompanhando.  

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »