Os estágios da graduação em capoeira

Uma das expressões mais conhecidas da cultura brasileira, a capoeira é uma mistura de luta jogo e dança. Com raízes africanas, a capoeira é amplamente praticada no Brasil e até em outros países. A capoeira é ensinada em escolas, clubes e academias e para garantir um ensino de qualidade foi criada em 1992 a Confederação Brasileira de Capoeira, entidade nacional que regulamenta o esporte em todo o Brasil.

A história da Capoeira

A capoeira teve origem na época da escravidão no Brasil. Nesta época, muitos negros foram trazidos da África para o Brasil para trabalhar nos engenhos de cana-de-açúcar, nas fazendas de café, nas roças ou nas casas dos senhores realizando trabalhamos de força e manuais e a capoeira era uma das formas de luta e de resistência e portanto, durante muito tempo este esporte proibido.

A capoeira hoje conquistou o seu espaço e é uma forte expressão cultural brasileira que compreende os elementos como:

  • Arte-marcial,
  • Esporte,
  • Cultura popular,
  • Dança;
  • E, música.

A criação da confederação

Confederação Brasileira de Capoeira é entidade nacional de administração desportiva. Ela foi fundada em 23 de outubro de 1992 e é hoje a única a ser reconhecida pelo Comitê Olímpico Brasileiro, COB. Também é filiada à recém-criada Federação Internacional de Capoeira, chamada de FICA.

A Confederação Brasileira de Capoeira (CBC) é um dos principais sistemas que organizam e unificam a graduação da capoeira. A graduação adotada pela CBC é feito por cordas seguindo as cores da bandeira nacional. Veja como funciona:

Estágios da Capoeira

1º Estágio – Cordão verde (aluno) permanência 1 ano;
2º Estágio – Cordão amarelo (aluno) permanência 1 ano;
3º Estágio – Cordão azul (aluno) permanência 1 ano;
4º Estágio – Cordão verde-amarelo (aluno) permanência 1 ano;
5º Estágio – Cordão verde-azul (aluno) permanência 1 ano;
6º Estágio – Cordão amarelo-azul (aluno Instrutor) permanência 2 ano;
7º Estágio – Cordão verde-amarelo-azul (aluno Formado) permanência de 2 a 3 anos;
8º Cordão branco-verde (Monitor) permanência de 3 a 5 anos;
9º Cordão branco-amarelo (Professor) Título postulado pelo trabalho realizado na Capoeira;
10º Cordão branco-azul (Contra Mestre) Título postulado pelo Mestre responsável do Grupo;
11º Cordão branco (Mestre) Título postulado pelo reconhecimento dos Mestres mais antigos da Sociedade Capoeiritica.

Os cordões de classificação, também chamados de rabo de rato são feitos com o trançado de nove fios de seda, sendo três grupos de três fios.

Apesar da importância do cordão, é proibido o seu uso durante competições individuais ou por equipe, sendo apenas permitido o uso de calças brancas de tecido de brim ou similares e camisa branca de malha com o escudo da instituição representada.

Gostou deste artigo? Inscreva-se e continue nos acompanhando.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »