Recursos linguísticos: um pouco de criatividade ao seu texto

O nome já explica bem o que é, um recurso é uma forma. Os recursos linguísticos são formas para expressar experiências comuns, conferindo originalidade, emotividade ou teor poético ao discurso. As figuras de linguagem ou de estilo são empregadas para valorizar o texto, tornando a linguagem mais expressiva.

Os recursos linguísticos são extremamente importantes na composição de um texto claro e objetivo, são importantes para trazer criatividade a composição textual. Os recursos linguísticos podem ser divididos em 3 grupos, que são: elementos coesivos, elementos enfáticos e elementos retóricos. Abaixo é possível conferir alguns recursos que ajudarão a incrementar seus textos.

Recursos linguísticos e suas aplicações

Advérbios

São utilizados para dar ênfase em algum contexto, o uso sozinho do advérbio pode não indicar nenhuma ênfase, isso vai depender da sua posição na sentença.

Assíndeto

Consiste na utilização da conjunção ”e”, é utilizado para dar determinado valor a sentença.

Anáfora

Consiste na repetição da palavra ou expressão, no início de uma série de versos. Esse recurso, na linguagem poética, é perfeitamente possível. Na linguagem formal, na dissertação, a repetição abusiva pode não levar ao mesmo resultado. Por isso evite esse recurso no seu texto formal ou utilize-o com critério e consciência.

Antítese

Consiste no contraste entre dois elementos ou ideias. Utilizado para contrastar elementos e muitas vezes passando a ideia de oposição.

Conectores

São palavras utilizadas para criar conexão entre as frases e os parágrafos do texto. Os conectores podem ser de tempo ( depois, antes), conclusão ( em resumo, juntos, em soma), hierarquia (primeiro, segundo).

Comparação

Consiste em confrontar duas realidades distintas para realçar analogias ou diferenças. A comparação traz a possibilidade de enfatizar determinada sentença ou elemento.

Metáfora

Consiste numa espécie de comparação à qual falta o primeiro termo e a partícula comparativa, que geralmente está abreviado ou subtendido. Através da metáfora é possível comparar dois elementos diferentes.

Ironia

Consiste em atribuir às palavras um significado diferente daquele que na realidade têm, sugerindo, em geral, o contrário do que quer, de fato, dizer. A ironia cabe se utilizar quando deseja enfatizar algo contrário à realidade de determinada frase.

Eufemismo

Consiste no uso de uma expressão por outra, para evitar ou atenuar o efeito desagradável que esta última produzia.

Hipérbole

consiste em um uso exagerado de termos a fim de dar ênfase ao pensamento.

Símile

É utilizado como uma forma de comparação em elementos de que certa forma se assemelha, é utilizada comumente pela palavra “como”.

Para uma boa utilização desses recursos apresentados, é necessário utilizá-los nas suas produções textuais afim de exercitar e também ler bastante. Através da leitura é possível identificar o emprego desses recursos por outros autores, facilitando o entendimento na prática da utilização dos recursos linguísticos.

Escrever um texto exige muita dedicação e conhecimento linguístico, redações são uma importante forma de avaliação, tendo uma nota extremamente importante nos vestibulares e concursos públicos. Os recursos linguísticos são uma importante ferramenta para deixar seu texto de forma clara e bem escrito, esses recursos vão auxiliar na boa estruturação do seu texto.

Gostou desse artigo? Continue nos acompanhando e conhece os nossos cursos relacionados aqui.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »