Tipos de Marcação no Handebol

O Handebol, que é um esporte coletivo jogado com as mãos, embora não seja um dos jogos com maior audiência de público é largamente praticado no Brasil por atletas profissionais e amadores de ambos os sexos.


O profissional de educação física deve conhecer todos os fundamentos e as regras para que possa promover a prática correta desse esporte. Como o objetivo do handebol é efetuar gols para conseguir a vitória, o entendimento das regras e das categorias dos eventos que ocorrem dento da área do gol é fundamental para determinar o desfecho das ações dos jogadores.

No Handebol existem 6 tipos de marcações com a bola, são eles:

Marcação de observação, em que o atleta precisa estar sempre atento à movimentação do adversário o qual ele deverá marcar, observando e seguindo seus movimentos em relação à bola.

A marcação cerrada é aquela onde o atleta se aproxima do jogador adversário o qual está marcando, sempre de forma segura e direta, na intenção de fazê-lo perder a posse de bola ou não realizar o passe de forma correta.

A marcação de interceptação: Essa marcação é aquela onde o jogador de defesa fica posicionado exatamente entre o atacante adversário que está com a posse de bola e a trajetória da bola em direção a outro jogador adversário.

Na marcação Individual cada jogador da equipe de defesa possui um jogador da equipe adversária o qual ele deverá marcar o tempo todo, desprezando a questão de posicionamento, importando tão somente o jogador pré-definido a ser marcado por cada membro da equipe.

Com relação à marcação individual, cabe ressaltar que a mesma deve ser utilizada nas seguintes situações:


• Quando se joga contra equipes tecnicamente inferiores;
• Quando se joga contra equipes fisicamente inferiores;
• Quando se joga contra equipes técnicas e fisicamente inferiores;
• Quando nossa equipe encontra-se com número maior de jogadores em quadra;

Neste tipo de marcação, cada um dos jogadores da defesa é incumbido de defender determinada área da quadra – zona. E, na ocupação dessa determinada área, cada jogador deverá impedir que o adversário receba e/ou passe a bola para seus companheiros de equipe.


A marcação Mista ou Combinada é aquela que se utiliza da individual e por zona, no mesmo jogo.

Esta modificação no sistema de marcação – do individual para o por zona – se dá de acordo com a necessidade do momento do jogo, ou seja, depende do tipo de jogo que o adversário está fazendo uso.

A cada vez que o adversário variar sua formação e sistema de jogo, a defesa adotará uma marcação diferenciada apropriada para o sistema de ataque da equipe adversária.

Gostou desse artigo? Inscreva-se no nosso blog, conheça os cursos e continue nos acompanhando.  

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área da Educação.

Mais artigos sobre o tema

Educação

O saque no volei

O Voleibol, também conhecido como Vôlei, é um dos esportes coletivos mais difundidos e praticados no Brasil. Faz parte da grade curricular da Educação Física

ler artigo »