O que é planejamento e para que serve?

O que é planejamento e para que serve

O planejamento consiste em uma importante tarefa de gestão e administração, que está relacionada com a preparação, organização e estruturação de um determinado objetivo. É essencial na tomada de decisões e execução dessas mesmas tarefas.

Segundo Chiavenato (2004), o planejamento é a função administrativa que determina antecipadamente as atividades que devem ser desempenhadas, além de quais objetivos serão alcançados, visando dar condições para que a empresa se organize a partir de determinadas análises a respeito da realidade atual e futura que se pretende alcançar.

Como elaborar um planejamento?

Desse modo, planejar significa visualizar antecipadamente as ações que irão ocorrer na empresa e que visam alcançar os objetivos propostos pela mesma. Ainda segundo Chiavenato (2004), o planejamento apresenta as seguintes características:

a) é um processo permanente e contínuo, ou seja, a função de planejar é realizada a todo momento na organização, sendo que é necessário estar planejando as atividades durante todo o processo empresarial;

b) é sempre voltado para o futuro, isto é, o planejamento visa antecipar as ações que irão ocorrer em um momento futuro, pois as ações e atitudes que acontecem no presente não necessitam de planejamento, já que estão sendo feitas. Dessa maneira, o planejamento só é eficaz se desencadear ações que irão acontecer em um momento futuro, para assim, poder antecipar essas ações diminuindo os riscos de erro;

c) se preocupa com a racionalidade da tomada de decisões – é o aspecto que torna o planejamento uma ferramenta importante, visto que as atitudes e tomada de decisões são feitas em meio racional, de porte das informações que a empresa possui, sem se basear no empirismo ou em decisões emocionais;

d) visa relacionar entre várias alternativas disponíveis, um determinado curso de ação, em decorrência de suas consequências futuras e das possibilidades de interferência em sua execução e realização;

e) é sistêmico, ou seja, o planejamento considera a empresa ou outro tipo de organização em sua totalidade;

f) é interativo, isto é, o planejamento deve ser flexível para poder fazer ajustes e correções que forem necessários em função do momento e das ações que desencadeiam o objetivo fruto do planejamento. Dessa forma, se ações modificarem e interferirem no planejamento de forma diferente de como o mesmo fora feito inicialmente, o mesmo deve-se adaptar a essas alterações.

g) é cíclico e contínuo, visto que, à medida que é executado o planejamento, ele passa a ser realizado, deixando a sua atuação futura para se tornar presente;

h) é uma técnica de mudança e inovação, onde a organização consegue introduzir mudanças e inovar gradativamente com a utilização da ferramenta de planejamento.

Por que fazer um planejamento?

Com um planejamento bem elaborado a empresa ganha previsibilidade, qualidade e produtividade. Do contrário, o que se vê é retrabalho, desperdício e insucesso ou sucesso por acaso, o que é uma raridade.

O planejamento estratégico é tão importante para uma empresa que deveria ser construído antes mesmo dela ser criada, quando o negócio está ainda no campo das ideias. Apesar do planejamento estratégico ser um processo já consagrado ao longo do tempo, há muitas empresas que ainda desconhecem a sua utilidade.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área de Administração e Negócios.

Mais artigos sobre o tema