Tipos de Violência Contra o Idoso

Tipos de Violência Contra o Idoso

Nos dias atuais, com o aumento da expectativa de vida, a população idosa cresce cada dia mais.  Infelizmente com esse aumento, também ocorreu um acréscimo da violência contra o idoso. Esse tipo de conduta contra o integrante da terceira idade pode se dar das mais variadas formas, e é dever de todos ficar atentos e coibir essa violência.

Os maus-tratos contra os idosos são determinados de acordo com a situação a eles imposta, como:

Violência Física

A violência doméstica, quando é manifestada de forma física, geralmente é utilizada para sujeitar os idosos a realizarem algo que não desejam, causando por diversos motivos, ferimentos e lesões que podem gerar a morte, devido à fragilidade física que, comumente, fazem parte de suas estruturas corporais.

Violência Psicológica

As ações de restrição da liberdade de locomoção, convívio social ou simplesmente a negação aos seus hábitos de lazer e diversão são consideradas como um ataque à saúde mental da pessoa idosa e, consequentemente, como uma forma de violência psicológica. Muitas vezes, as pessoas agem desta forma contra os idosos devido às “dificuldades” (falta de tempo, dinheiro, paciência), em acompanhá-los nestes eventos.

Abuso Financeiro ou Material

É uma das ações mais praticadas pelos membros da família, devido aos problemas de locomoção ou de incapacidade psíquica de controlarem os seus rendimentos e patrimônio. Os idosos passam a ter as suas economias e benefícios previdenciários apropriados por outros, constituindo em uma exploração ilegal e indevida.

Abuso sexual

A violência sexual, praticada contra os idosos pode ser de caráter hétero (sexo oposto) ou homo (mesmo sexo) e incluem a relação sexual ou práticas eróticas por meio de aliciamento, violência física ou ameaças sem o consentimento do idoso.

Negligência

É a omissão ou a negação em fornecer assistência básica que os idosos necessitam em sua vida, por parte dos seus responsáveis (Família ou instituição). Este ato é mais comumente praticado ao idoso que se encontra em situação de dependência do outro, possui limitações ou incapacidades físicas, psíquicas ou emocionais.

Abandono

Este tipo de violência está se tornando muito comum nos dias de hoje, o acúmulo de funções e atribuições da vida social e profissional que os familiares do idoso, em sua vida ativa e produtiva se encontram é a principal “desculpa” para que as pessoas se ausentam dos idosos.

Os agressores também tratam os idosos de forma hostil por não entenderem ou não terem paciência em ouvir o que os idosos querem dizer, muitas vezes os idosos contam histórias repetidas ou “inventam” algo, o que é produzido por sua mente confusa.

É de suma importância destacar que a violência contra o idoso é crime previsto em lei e passível de pena, conforme a gravidade do ato praticado, partindo, nas situações mais brandas de multa ou detenção de dois meses, até mais de 10 anos de reclusão em caso de violência que leve ao óbito.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde no assunto!
Conheça os cursos na área de Direito.

Mais artigos sobre o tema