A diferença entre: Saúde física, mental e social

No momento pandêmico que estamos vivendo agora, cuidar da saúde física, mental e social ganhou mais força e relevância.
Afinal, a pandemia do covid-19 pegou todos de surpresa e fez com que, em curto período, todos necessitassem adaptar as suas rotinas pessoais, de trabalho e principalmente social.

O impacto da pandemia na saúde física, mental e social

A pandemia do covid-19 chegou ao mundo no final do ano de 2019 e em 2021 ainda continua fazendo estrago na vida da população. Em Abril de 2021, já foram mais de 13,2 milhões de casos no Brasil, sendo 11,6 milhões de recuperados e mais de 341 mil mortes.
Esses números estrondosos representam a significância que essa pandemia traz ao momento e as mudanças bruscas que todos precisaram fazer.

De uma hora para a outra, o isolamento social começou a ser uma realidade e o convívio com familiares e companheiros se tornou muito mais intenso, demonstrando a necessidade de um acompanhamento de perto de profissionais qualificados.

O papel do Estado

O Estado deve prover melhorias na condição de vida das pessoas, em infraestrutura, educação, saúde, segurança e em vários outros setores. A Organização Mundial de Saúde (OMS) tem um conceito de saúde “é o completo bem estar físico, mental e social, e não só a ausência de doenças”. Mas o que seria essa saúde física, mental e social?

Saúde física

A saúde física engloba a condição geral do corpo em relação a doenças e ao vigor físico. Para uma pessoa ser considerada saudável, ela não deve ter doenças e possuir um metabolismo que apresente um bom funcionamento. Uma infância saudável, genética e condições de trabalho, são algumas das coisas que influenciam na saúde física.

Saúde mental

Segundo a Organização Mundial da Saúde, não há uma definição oficial para saúde mental. Coisas como diferenças culturais, teorias concorrentes e julgamentos subjetivos afetam em como a saúde mental é definida.

Saúde mental pode ser descrito como qualidade de vida emocional e cognitiva de uma pessoa. Percepção da realidade, integração social e emocional, entre outros itens são avaliados para definir a saúde mental de uma pessoa.

Saúde social

A saúde social é relacionada com a capacidade de o indivíduo interagir com outros e conseguir prosperar em ambientes sociais.

Além de considerar a capacidade da pessoa de interagir com a sociedade, também são considerados os benefícios dessas interações com o bem-estar do próprio indivíduo. Essa saúde é muito importante em relação à saúde individual.

A importância da Pscioteria

É um grande preconceito populacional acreditar que a psicoterapia é aplicada para quem conta com algum distúrbio psicológico. A grande verdade é que todo mundo deveria realizar um acompanhamento psicológico com terapeutas.

A psicoterapia é um processo de autoconhecimento que, ao conversar com o profissional, é possível perceber as situações através de uma outra ótica diferente da sua fazendo com que a sua percepção mude também e você consiga evoluir no assunto tratado.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira os cursos de Psicologia Clínica e Psicologia Social, e destaque-se na sua carreira.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema