Aquecimento e alongamento em atividades físicas

A prática de atividades físicas e esportes é incontestavelmente benéfica para a saúde física e mental, desde que seja executada de maneira correta. Sempre que alguém for praticar uma atividade corporal deve estar consciente de todos os cuidados necessários para que esse exercício torne-se uma prática saudável. Uma sessão de exercícios bem realizada deve estar dividida, contemplando algumas etapas que fazem com que o esporte ou atividade que está sendo praticada seja completo.
Dentre essas etapas podemos destacar o aquecimento e o alongamento, que são fatores muito importantes nas práticas desportivas. Tanto o alongamento, quanto o aquecimento podem ser de grande ajuda na prevenção de possíveis lesões ligadas a atividade desportiva ou até mesmo a ações cotidianas. Essas duas práticas tem a capacidade de aumentar a flexibilidade, assim como a mobilidade articular e podem deixar o corpo mais relaxado e solto ou mais preparado para o exercício que será submetido, de acordo com a forma que são realizadas.
Mas você saberia dizer qual seria exatamente a diferença entre o aquecimento e o alongamento? Vamos esclarecer em que consiste cada uma dessas atividades:

AQUECIMENTO


Denominamos como aquecimento a técnica usada antes de qualquer atividade esportiva ou de exercícios físicos. O aquecimento tem como objetivo aumentar gradativamente a intensidade da atividade física. Serve para o corpo premeditar o exercício, aumentando de maneira progressiva a temperatura corporal para possibilitar que o organismo se adapte, momentaneamente, para algumas exigências que virão, como por exemplo, o aumento da frequência cardíaca e o recrutamento muscular, entre outras. Além desse atributo, o aquecimento ajuda ao atleta nos movimentos corporais, permitindo a melhor realização dos gestos motores e evitando que o mesmo apresente lesões durante a execução desses movimentos. Por isso é extremamente importante a realização de um bom aquecimento antes das práticas desportivas. Esse aquecimento deve ser progredido e mantido até que o corpo se encontre em condições de iniciar a parte mais vigorosa do exercício.

O aquecimento ainda pode ser classificado em dois tipos, aquecimento geral e aquecimento específico.

– O aquecimento geral consiste na ativação do funcionamento do organismo como um todo. Para atingir essa condição, a pessoa deve desempenhar exercícios que solicitem a utilização de grandes grupos musculares, com movimentos amplos. Um exemplo de aquecimento geral é a prática de corrida ou caminhada.
– Já o aquecimento específico tem o foco na realização de exercícios mais representativos para uma determinada modalidade, ou seja, o atleta deverá usar a musculatura de acordo com as exigências do esporte a ser praticado. Podem ser realizados movimentos amplos ou mais restritos, de acordo com a atividade que se quer executar.

ALONGAMENTO

O alongamento pode serconsiderado o exercício físico que melhora ou mantem a flexibilidade. Alongar o corpo tem como objetivo desenvolver a flexibilidade muscular e amplitude articular. Ou seja, o alongamento proporcionará ao atleta um melhor e mais amplo desempenho nas articulações o que fará com que o seus movimentos sejam mais eficientes de acordo com as necessidades da atividade que ele está praticando. Além dos mais, o alongamento proporciona benefícios adicionais para o corpo relacionados à saúde, como por exemplo: ajuda a corrigir a postura, diminui a incidência de dores tensionais, reduzo surgimento de lesões, relaxa o corpo proporcionando bem estar, ativa a circulação sanguínea durante sua prática, dentre outros.
A prática de exercícios físicos é uma forma saudável de cuidar do corpo, mas também exige muita atenção ao fazer os movimentos para que não aconteça nenhum resultado indesejado como uma lesão. Assim como, a dedicação que devemos ter na prática de um esporte para que tenhamos um melhor desempenho.
Por isso é importante que antes de iniciar qualquer prática de exercícios como musculação, corrida, a dança, artes marciais, tênis, jogos coletivos como futebol, basquete e outros, seja realizada uma atividade de aquecimento e que o alongamento também seja incluído durante essa prática. Os profissionais de educação físicae técnicos desportivos devem orientar os praticantes à sempre realizar o aquecimento e o alongamento em seus treinamentos. Pois além de melhorar a eficiência do esporte ou exercício físico, essas rotinas irão propiciar uma prática mais saudável e mais segura, tanto para atletas competitivos, quanto para desportistas amadores.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Confira os cursos de Alongamento Terapêutico e Alongamento e Flexibilidade.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema