Aquecimento em exercícios físicos

O aquecimento é necessário para quem pratica exercícios físicos, pois previnem lesões graves e consequentemente dores pelo corpo, uso de medicação.

Ele busca estabilidade tanto na preparação física como psíquica, pois é uma medida preventiva contra estresse.

Existem três tipos de aquecimentos, sendo eles:

• Específico;

• Geral;

• Passivo;

O aquecimento especifico atende apenas uma área, região ou músculo do corpo. Sendo que o geral engloba todo o corpo. Exemplo correr, nadar, jump, colar corda. Recomenda-se que realize primeiramente o aquecimento geral e após o específico.

Aquecimento Passivo: aumenta a temperatura corporal através de alguns meios externos. Por exemplo, massagem, banhos de vapor e duchas quentes.

Objetivo do aquecimento geral:

– Aumento da temperatura corporal;

– Aumento da temperatura muscular;

– Aumentando as temperaturas corporais e musculares, há redução da resistência elástica e do atrito;

– Tendões, músculos e ligamentos se tornam mais elásticos, por isso o risco de ter lesões são diminuídos.

Objetivo do aquecimento especifico são:

• A região que está sendo aquecida sofre um aumento de sangue, irrigação sanguínea, portanto ela será mais oxigenada.

• Ser realizado após o aquecimento geral;

Fatores que alteram o aquecimento:

-Idade: se a pessoa for mais velha, mais longo deverá ser o aquecimento, pois deverá ser gradual e cuidadoso para que não haja nenhuma lesão muscular;

– Condicionamento físico: se a pessoa for mais treinada, mais intenso deverá ser o aquecimento;

– Disposição: a disposição altera os efeitos do exercício, pois se a pessoa não está motivada, ela fará os exercícios de qualquer modo e, portanto compromete o objetivo, alem do risco de sofrer uma lesão, por realizar exercícios errados;

– Período do dia;

– Modalidade esportiva, ou seja, cada esporte tem uma característica diferente e utiliza musculatura diferente, portanto, aquecimento e alongamento diferentes;

– Temperatura ambiente: se o ambiente estiver quentes o aquecimento deve ser reduzido, em dias frios ou chuvosos o tempo do aquecimento deve ser alongado;

– Tempo do aquecimento: após o aquecimento é necessário que inicie as atividades dentro de 10 minutos, pois o efeito do aquecimento tende a diminuir com o tempo.

Características do Aquecimento

O aquecimento deverá ser total, ou seja, deverão atingir todos os músculos, articulações. Deve ser dinâmico, metódico, com ritmo.

– Exemplo de fases do aquecimento

Contínuo: corrida suave, andar de bicicleta;

• Descanso e recuperação;

• Movimentação geral: Movimentos específicos de rotação, elevação, extensão/flexão sobre pernas, tronco e braços;

• Descanso e recuperação;

• Estiramentos: Exercícios de potencialização da temperatura intramuscular, que irá utilizar. Por exemplo, perna no caso de jogador de futebol;

Corrida com alternâncias de ritmo: Primeiro suave, depois rápida em sprint, depois suave, depois rápida em sprint, e assim sucessivamente;

• Descanso e recuperação;

• Toque da bola em progressão: Passes e recepção da bola em progressão (movimentação contínua);

• Assimilação da corrida (movimentação) para rematar a bola: Passes e jogadas com remates à baliza;

• Retorno á calma, após exercício físico;

• Alongamentos finais.

Aqui citei exemplo de jogadores, mas podemos tomar como regras que é necessário intercalar exercícios que proporcionem descanso para o músculo, para que não cause lesão muscular. Assim como alongamento, sempre é importante realizar alongamento antes e depois dos exercícios, pois assim prepara o músculo, alcança os objetivos esperados e sem risco de lesionar o músculo.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema