Citologia oncótica: O que é?

O exame de citologia oncótica conhecido também por exame preventivo do colo do útero, papanicolau ou PapTest, é, no Brasil, a principal estratégia escolhida para o rastreamento precoce do câncer de colo de útero e doenças sexualmente transmissíveis.
Existem hoje em dia muitos fatores associados ao câncer de colo de útero, Por isso a prevenção é a melhor escolha para a saúde, esta prevenção se dá pelo exame simples que é realizado em consultório médico e pode ser realizado por médico ou por enfermeiro.

O câncer de colo de útero pode ser assintomático nas suas fases iniciais. Por isso, a realização de exames preventivos tem grande importância para o diagnóstico precoce dessa neoplasia.

Essa prevenção é feita com a realização periódica do Papanicolaou, um exame de alta eficácia e baixo custo que identifica alterações celulares mesmo que sem alterações visíveis.

Quais as razões do câncer do colo de útero

Esse tipo de câncer tem desenvolvimento lento e pode ser detectado nas fases iniciais, ou mesmo quando a lesão ainda é uma lesão pré-câncer, com a realização da consulta ginecológica de rotina e do exame preventivo (Papanicolaou).

A realização desse exame na periodicidade recomendada possibilita a detecção da doença nos estágios iniciais e as probabilidades de cura, neste caso, são de quase 100%.

Existem hoje em dia muitos fatores associados ao câncer de colo de útero:

• fatores como o início precoce da atividade sexual,
• a contaminação por HPV,
• o uso prolongado de anticoncepcionais orais.

Por isso a prevenção é a melhor escolha para a saúde, esta prevenção se dá pelo exame simples que é realizado em consultório médico e pode ser realizado por médico ou por enfermeiro.

O exame consiste na coleta de material do colo do útero, é simples e normalmente não dói, para ser realizado é necessário que a mulher não tenha tido relações sexuais, nem ter usado duchas e medicações nas últimas 48 horas, além disso, ela não pode estar menstruada.

Este exame deve ser realizado por toda mulher que já teve sua primeira relação sexual, anualmente e a cada dois resultados normais. Podem ser realizados novamente a cada três anos, a faixa etária, maiormente preconizada para a realização do exame é dos 25 aos 60 anos de idade.

Quais os sintomas?

Na chamada fase pré-clínica ou inicial, quase não há sintomas, o que ratifica a importância do acompanhamento ginecológico periódico, pois é possível identificar os sinais pré-cancerosos nos exames de rastreamento desse câncer. Quando há sintomas, pode ocasionar:

Corrimento
Sangramento entre as menstruações
Sangramento ou dor após a relação sexual.

Nas fases mais avançadas da neoplasia, como o tumor pode comprimir a bexiga ou o intestino, os sintomas incluem:

Dor para urinar
Urgência para urinar
Sangramento intestinal
Obstipação
Entre outros.


Ter algum desses sintomas não significa que a mulher tenha o câncer, já que eles podem indicar outras doenças. Por isso, a consulta com o médico é essencial para que o diagnóstico e o tratamento correto sejam feitos.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Citologia Clínica, e utilize o certificado dos cursos para complementar suas atividades acadêmicas.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema