Educação Fisica: a Cultura Corporal do Movimento

Os processos de transformação do pensamento e recondução de conceitos são inerentes à evolução da sociedade. As mudanças que ocorrem com o desenvolvimento de novas perspectivas, através de estudos e pensamentos de especialistas, são importantes para o melhoramento social.  Com a Educação Física não poderia ser diferente.

A Educação Física no Brasil passou por diversas fases para poder ser reconhecida como ela é nos dias de hoje. Esse processo de transformação que ocorreu ao longo do tempo não está finalizado, pois é inegável que a Educação Física continua mudando e ainda terá muitas modificações.

Faz-se imprescindível que todos os profissionais de Educação Física, sobretudo os professores de âmbito escolar, conheçam as origens e essas transformações da sua área. Isso porque existe um histórico de colaboração que devemos considerar de grande importância para o entendimento da atual Educação Física estudada nas escolas. Com esse conhecimento, esses profissionais podem fazer uma reflexão do contexto atual e não cometer os mesmos equívocos cometidos por profissionais no passado.

O andamento dessas transições de conjuntura que sofre a Educação Física brasileira pode ser entendido através de tendências, que podemos destacar tais como: higienista, militar, pedagógica, competitivista e popular. Há algumas décadas atrás, a Educação Física cuidava do corpo apenas como algo mecânico, visando somente o desenvolvimento no seu aspecto físico e independente dos demais indivíduos.

Atualmente a Educação Física é entendida como uma área de conhecimento através da concepção de Cultura Corporal de Movimento e deve ser vista na perspectiva de sua relação mais ampla com outros sistemas: o mental, o emocional, o estético, o religioso, entre tantos outros.

A mesma deve ser compreendida como uma disciplina com uma perspectiva inclusiva.  Que introduz e integra o aluno na cultura corporal do movimento, alinhando-se aos objetivos educacionais. Ou seja, o papel do professor tem um novo significado facilitando e promovendo a educação do corpo e do movimento para a diversidade.

As práticas de educação física devem formar o cidadão de forma que ele possa reproduzir e transformar sua vivência em um instrumento para usufruir dos jogos, dos esportes, das danças, das lutas e das ginásticas em benefício de sua qualidade de vida e dos demais.

Consequentemente contribuindo com o desenvolvimento do indivíduo nas demais disciplinas, uma vez que uma pessoa que realiza e propaga uma prática de atividade física de forma saudável poderá contribuir para o desenvolvimento moral, social e cultural de toda a sociedade, através da interação com seus pares.

A expressão do ser humano pela cultura corporal do movimento permite o mesmo reconhecer-se no meio, possibilitando ao aluno desenvolver valores como respeito mútuo, confiança, criatividade e muitas outras características fundamentais para o desenvolvimento integral do individuo.

Sendo assim, é necessário que os professores de educação física atuem de maneira reflexiva a respeito dessas questões culturais. Criando planos de ensino inclusivos e participativos para que se possa suplantar o histórico da educação física escolar que adotava, em muitos momentos, a seletividade do indivíduo em aptos ou inaptos de acordo com a diferenciação entre os que dominam ou não determinado gesto motor ou, ainda, por afinidade ou não afinidade com alguma modalidade esportiva específica.

Infelizmente, embora estejamos em pleno século XXI, ainda alguns professores e ambientes escolares adotam essa forma de educação física que leva uma parcela importante de alunos a se auto excluírempor não dominar o gesto mecânico do movimento de maneira exemplar.

Portanto, é essencial que os gestores escolares proporcionem os meios para que todos tenham ascensão ao conhecimento da cultura corporal como um agrupamento de informação indispensável para o desenvolvimento e exercício da cidadania de forma democrática e para que todos os alunos participem com interesse e igualdade.

Mesmo que a Educação Física partilhe e evidencie a prática esportiva, muitos professores acabaram esquecendo-se de priorizar a ciência e experiência dos métodos produzidos ao longo da historia da humanidade. Vemos isso pelo fato de encontrarmos educadores descomprometidos e enraizados em determinadas atividades de caráter excludente, ao invés de conhecer e valorizar as habilidades naturais dos alunos.

A Educação Física é um vultoso instrumento para a formação e a inclusão social do educando, é uma disciplina que permite trabalhar o esporte educacional com vistas ao exercício da cidadania através de todos os benéficos que o esporte traz aos seus praticantes e à sociedade como um todo.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Treinamento Funcional e conheça nosso portfólio de cursos na área de Educação Física e Esporte.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área de Conhecimentos Gerais.

Mais artigos sobre o tema