Hemorragias e os primeiros socorros

Hemorragia nada mais é do que a perda excessiva de sangue pelo rompimento de um vaso sanguíneo, veia ou artéria. A hemorragia abundante e não controlada, pode levar à morte entre 3 e 5 minutos.
A hemorragia externa é visível, tendo maior facilidade e rapidez em estancar o sangramento, já a hemorragia interna, é mais grave, pois demora mais para aparecer os sintomas e o socorrista leigo não terá procedimentos a adotar, a não ser acompanhar a chegada do atendimento médico.
Sinais e Sintomas de cada tipo de hemorragia
Hemorragia Externa:
Rompimento de uma artéria

O sangue é vermelho vivo, com bastante oxigênio e flui em jatos rápidos e fortes, de acordo com o batimento cardíaco, portanto, perde-se maior quantidade de sangue, sendo mais grave e exigindo procedimentos para estancamentos urgentes.

Rompimento de uma veia

O sangue é vermelho escuro, quase roxo, com pouco oxigênio, fluindo de forma lenta e contínua com uma intensidade geralmente menor (dependendo do tamanho do ferimento), geralmente é menos grave e uma simples compressão resolve.
Hemorragia Interna:
1) Pulsação acelerada ou fraca;
2) Pele fria e pálida;
3) Mucosas da boca e dos olhos esbranquiçadas;
4) Extremidades arroxeadas pela pouca irrigação sanguínea;
5) Sede;
6) Tontura;
7) Inconsciência.
Hemorragia Externa:
1) Deite imediatamente a vítima;
2) Se houver possibilidade, tente manter o local do ferimento em posição mais elevada;
3) Em ferimentos pequenos, pressione com o dedo até o sangue parar;
4) Aplique um curativo de gaze ou pano limpe e pressione;
5) Se o curativo molhar rapidamente, não troque. Coloque outro por cima para que o aproveitamento da coagulação do sangue seja melhor;
6) Amarre um pano, atadura, gravata, cinto ou lenço por cima do curativo exercendo pressão, mas sem apertar muito, para não prejudicar a circulação;
7) Evite que a vítima faça movimentos da parte afetada;
8) Se continuar o sangramento, comprima a artéria mais próxima;
9) Corpos estranhos não devem ser retirados dos ferimentos, proteja somente em volta;
10) Nunca aplique substâncias da medicina caseira, pois irá prejudicar o trabalho dos médicos na limpeza e no procedimento final.
Hemorragia Interna:

1) Deite a vítima de maneira que a cabeça fique mais baixa que o corpo;
2) Coloque compressas frias ou bolsa de gelo no local da hemorragia;
3) Não permita que a vítima tome líquidos;
4) Observe atentamente, pois o risco de parada cardíaca ou respiratória aumentam;
5) A vítima precisa de atendimento médico com a maior urgência.

Gostou do artigo? Inscreva-se nosso artigo, conheça os cursos da área e continue nos acompanhando.  

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema