Luvas estéreis e de procedimentos

Presentes no dia a dia de todas as funções da área da saúde, as luvas funcionam como barreira, atuando no controle da disseminação de microrganismos no ambiente hospitalar. Elas podem ser estéreis (Cirúrgicas, utilizada em procedimentos invasivos ou manipulação de material estéril) ou de procedimento (Limpas, não estéreis, utilizadas para proteção do profissional na manipulação de materiais infectados ou com procedimentos com risco de exposição a sangue, fluidos corporais e secreções). 

A correta técnica correta de calçamento é fundamental para não se contaminar a luva estéril, e a sua retirada é fundamental no sentido de não contaminar o profissional com o conteúdo externo das luvas.

O presente artigo apresenta o passo a passo da técnica de calçar luvas.

Calçar Luvas

Técnica:

Após realizar a lavagem correta das mãos (lavagem básica ou lavagem cirúrgica);

Abra a embalagem de luvas, ou peça para alguém abrir e expor o embrulho para você;

Abra o embrulho em uma superfície limpa e em uma altura confortável para sua manipulação;

Segure nas abas do embrulho e abra para os dois lados, expondo as luvas;

As luvas estão dispostas corretamente a sua frente, onde a luva da mão direita está a sua direita e a luva da mão esquerda a sua esquerda;

Com a sua mão não dominante (a esquerda por ex.) segure pela face interna da luva da mão direita e introduza os dedos da mão dominante (mão direita), calmamente, procurando ajustar os dedos internamente e com muito cuidado para não contaminar a parte estéril. (Obs. Quando estiver sem luvas, segure apenas pela face interna da luva, pois, é a parte que entrará em contato com a sua pele);

Introduza até que a mão entre completamente na luva, sempre a segurando pela face interna;

Não se preocupe se os dedos ficarem mal posicionados, continue o procedimento, você poderá ajustá-los quando estiver com as luvas colocadas em ambas as mãos;

Com a mão dominante calçada, segure a outra pela face externa, ou seja, por dentro da dobra existente. Não encoste os dedos na face externa da dobra, pois está contaminada;

Sempre segurando pela dobra do punho da luva, introduza calmamente a mão não dominante (esquerda) na luva semelhante ao realizado anteriormente, com o cuidado de não tocar em locais não estéreis;

Introduza toda mão esquerda na luva;

Cuidadosamente, posicione os dedos corretamente na luva, se necessário;

Mantenha as mãos voltadas para cima, sem encostar-se em nada; 

Retirar Luvas

Técnica:

Após o uso, retire a luva de uma das mãos puxando-a externamente sobre a mão, virando-a pelo avesso;

Com a outra mão enluvada, segure a luva que foi retirada, e pela parte interna da luva que ainda está na mão, puxe-a externamente, virando pelo avesso.

É importante destacar que tão importante quanto o descalce das luvas é o descarte correto dela, afim de evitar possíveis contaminações.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema