O que são Ato Reflexo?

Os atos reflexos são respostas involuntárias, comandadas pelo SNC (Sistema nervoso central), a determinados estímulos recebidos pelo organismo. São exemplos de atos reflexos a tosse, o espirro, o vômito, a salivação (ao ver um alimento saboroso) e o reflexo patelar. O mecanismo do ato reflexo, pode ser explicado no reflexo patelar, exemplo clássico, a patela é um pequeno osso do joelho que ao ser estimulado por um martelo em um exame se dá o reflexo.

 O exame de reflexo patelar consiste em dar um leve golpe com um martelo de borracha no joelho. Os receptores sensoriais existentes no tendão patelar captam o estímulo e o converte em impulso nervoso, fazendo com que a perna mexa, abaixo é possível conferir como os neurônios atuam nesse mecanismo do nosso corpo.

Os neurônios e os atos reflexos!

O impulso nervoso segue pelo neurônio sensorial até a substância cinzenta da medula espinhal, onde ocorrem sinapses com neurônios associativos e, em seguida, com os motores.Os neurônios motores levam impulso nervoso ao órgão efetor, neste caso, o músculo da perna, resultando na extensão da mesma.

O caminho seguido pelo impulso nervoso e que permite a execução de um ato reflexo é denominado arco reflexo. Algumas vezes, um arco reflexo não possui o neurônio associativo, com isso, o neurônio sensorial se comunica diretamente com o motor.

Em alguns arcos reflexos, o neurônio associativo comunica o neurônio sensitivo com o encéfalo que modula a resposta motora, nos permitindo inibir um ato reflexo quando percebemos que o estímulo não oferece risco, como quando tomamos injeção.

Ao mesmo tempo em que envia uma resposta motora, a medula espinhal envia outro impulso para o cérebro informando a sensação do golpe aplicado. Este processo acontece em frações de segundos.

Os atos reflexos como mecanismo de defesa do organismo!

Os atos reflexos tem uma importante função dentro do funcionamento do corpo humano, atuando como um mecanismo de defesa do nosso corpo. Por exemplo, quando você está cozinhando a acaba tocando em uma panela quente, sem nem pensar você retira sua mão rapidamente, a ação de tirar a mão é instantânea enquanto a mensagem de perigo ainda nem chegou ao cérebro.

Conforme demostrado acima, os atos reflexos dependem das interações dos neurônios, no caso especificado acima, atuaram três neurônios, um ao toque da panela quente que estimulou um neurônio sensitivo levando o estimulo até a medula, depois, um neurônio associativo mandou um sinal para o musculo através de um neurônio motor. Isto acaba mostrando que o cérebro só sabe o que aconteceu após a ação acontecer, por isso a dor só é sentida após a retirada da mão no exemplo da panela quente.

O ato reflexo ajuda o ser humano a tomar decisões que necessitam de respostas muito rapidamente, isso é de extrema importância para a sobrevivência dos seres humanos, evitando assim que se consiga sair de uma situação de perigo muito rápido, evitando que um acidente tenha consequências graves ou um agravamento de uma situação de perigo.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema