Sistema digestório: Boca e cavidade bucal

A boca é a primeira porção do canal alimentar e comunica anteriormente com meio exterior através de uma fenda limitada pelos lábios, denominada rima bucal e posteriormente comunica com a orofaringe ou parte bucal da faringe, através de uma região estreitada denominada, istmo das fauces.

Lateralmente a cavidade bucal é limitada pelas bochechas, superiormente pelo palato e inferiormente por músculos que constituem o assoalho da boca. Nesta cavidade se encontram também as gengivas, dentes e língua, onde se mantém uma relação.

Esta cavidade apresenta como função, a mastigação, insalivação (liberação de saliva na cavidade) e início da deglutição.

Divisão da cavidade bucal

A cavidade é dividida em duas porções, vestíbulo da boca que é uma porção mais externa e menor e cavidade bucal propriamente dita que é mais interna e maior, ou seja, a primeira é um espaço limitado pelos lábios, bochechas, gengivas e dentes, constituindo o restante a cavidade propriamente dita.

O palato

O teto da cavidade bucal é constituído pelo palato duro (ósseo) anterior e o palato mole posterior (muscular). O palato separa a cavidade bucal da nasal.

Do palato mole se projeta uma estrutura cônica no plano mediano, denominada úvula (popularmente chamada de “sininho”) e lateralmente duas pregas denominadas, arco palatoglosso (mais anterior) e arco palatofaríngeo (mais posterior).

Entre os arcos existe outra estrutura chamada de tonsila palatina (ou amígdala quando em processos infecciosos) onde se aloja na fossa tonsilar.

Vamos agora definir os limites do istmo das fauces (comunica a cavidade bucal com orofaringe) que são, superiormente, a úvula, inferiormente, o dorso da língua e lateralmente, os arcos.


Língua

É um órgão muscular revestido por mucosa e que exerce importantes funções na mastigação, deglutição, gustação e articulação de palavras. Apresenta uma face superior denominada de dorso onde se encontra o sulco terminal, estrutura que divide a língua em duas porções, raiz da língua (mais posterior) e corpo (mais anterior).

Na mucosa do dorso da língua encontramos diversas projeções, denominadas de papilas linguais, que são de vários tipos, sendo que as maiores se encontram anterior ao sulco terminal e tem uma forma de V, denominadas de papilas valadas. É importante lembrar que existem outros tipos de papilas e que estas são locais de receptores gustativos.

Dentes

São estruturas rígidas, esbranquiçada, implantadas nos ossos, ou melhor, em cavidades da maxila e mandíbula, denominadas alvéolos dentários.

Em cada dente existem três partes, raiz (implantada no alvéolo), coroa (livre) e o colo, sendo está uma região estreitada entre a raiz e a coroa, envolvida pela gengiva.

Os dentes apresentam funções de cortar, reduzir e misturar o alimento com a saliva e ainda participar na articulação da fala.

Existem no homem 32 dentes, sendo 8 incisivos, 4 caninos, 8 pré molares e 12 molares.

Glândulas Salivares

As glândulas são consideradas anexas ao sistema digestório, mas por razões didáticas devido à relação com a cavidade bucal, este é o momento de estudá-las.

Elas são responsáveis pela secreção de salivas, entorno de 1.000 a 2.000 ml/dia e apresentam em três pares principais, parótidas, submandibulares e sublinguais.

As parótidas estão situadas laterais a face e anterior a orelha externa, possuem o canal excretor denominado ducto parotídico que se abre no vestíbulo da boca, próximo ao 2º molar superior.

Você sabia? Inflamação desta glândula leva a um processo denominado parotidite, popularmente chamado de caxumba.

As submandibulares são ântero inferior à glândula parótida, protegida pelo corpo da mandíbula.

O seu ducto abre no assoalho da boca bem abaixo da língua, através das carúnculas sublinguais.

E por último a sublingual que é a menor em relação às outras duas, é lateral e inferior à língua, abaixo da mucosa que reveste o assoalho da boca. Sua secreção é lançada na cavidade bucal, abaixo da porção mais anterior da língua por ductos que desembocam através de orifícios no assoalho da cavidade da boca.

Gostou do artigo? Inscreva-se no blog, conheça os cursos da área e continue nos acompanhando.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Biologia.

Mais artigos sobre o tema