SUS gestão: dificuldades encontradas

O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores sistemas públicos de saúde do mundo. Com o objetivo de atender milhões de brasileiros, o SUS tem como responsabilidade oferecer a toda sociedade serviços como consultas, exames, internações, campanhas de vacinação, ações e prevenções de doenças e dentre outras.

Mas desde sua criação, em 1988, o SUS tem enfrentado diversos problemas em sua gestão. Problemas esses que tem causado transtornos tanto para pacientes quanto para os profissionais da área.

A superlotação, a falta de leitos nos hospitais, aparelhos quebrados, laboratórios interditados e a falta de médicos nos pronto-socorro e nos postos de saúde, tem sido uma das maiores dificuldades encontradas na gestão do SUS. O pior de tudo, é que entra governo sai governo, a situação da saúde pública continua sendo a mesma.

Outro fato lamentável que tem acontecido em nosso país são os desvios de verbas que são repassados para a saúde pública. Infelizmente alguns administradores por irresponsabilidade, má conduta e falta de vergonha na cara, acaba subtraindo o dinheiro que era pra ser investidos em reformas de hospitais, manutenção de ambulâncias, compras de aparelhos médicos e outros, acabam indo parar no bolso desses incompetentes e o povo acaba ficando a mercê do descaso e da calamidade na saúde pública.

A sobrecarga do trabalho de médicos e enfermeiros

Quanto aos médicos e enfermeiros, a reclamação tem sido em relação à sobrecarga, ou seja, com a falta de profissionais dentro das unidades públicas de saúde, o pequeno efetivo tem que se desdobrar para atender a enorme demanda de pacientes e nem sempre eles dão conta do recado.

Para suprir a carência de médicos do SUS, a Presidenta da República Dilma Russef, lançou no dia 8 de Julho deste ano, o programa “Mais Médicos”, que tem como objetivo importar cerca de 15mil médicos estrangeiros com o intuito de reforçar as regiões onde faltam profissionais e melhorar a imagem da saúde pública do país.

Embora haja um esforço por parte do Governo Federal em melhorar o quadro de calamidade no Sistema Único de Saúde, será que isso é suficiente? O que fazer com administradores que desviam dinheiro do SUS? Além da carência dos médicos, como suprir as outras necessidades? Afinal, a falta de profissionais não é o único problema enfrentado nas redes de saúde pública.

Quer saber como essa história vai terminar? Não percam os próximos episódios que acontecem diariamente na vida de todo cidadão brasileiro que depende do Sistema Único de Saúde.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema