Técnica de administração de enema de retenção

Utilizado com o intuito de fornecer medicamentos, no qual o paciente deve reter o líquido no reto ou no cólon por 30 a 60 minutos, a fim de absorver o medicamento. 

Também pode ser usado como emoliente para aliviar tecidos colônicos irritados. A quantidade de volume de líquido empregado neste caso é menor, utilizando um equipamento menor, para criar menos pressão no reto do paciente e tornar mais fácil a retenção do líquido.

Critérios utilizados no preparo do suprimento para enema de retenção

• Adulto                             tubo retal n. 14 a 20 F. – inserir por 7,5 a 10 cm

• Escolar                           tubo retal n. 12 a 14 F. – inserir por 5,0 a 7,5 cm

• Pré-escolar                     tubo retal n. 12 a 14 F. – inserir por 3,8 a 5,0 cm

• Lactente                         tubo retal n. 12 F.         – inserir por 2,5 a 3,8 cm

Volume de líquido administrado conforme a idade por via retal

• Escolar                              75 a 150 ml

• Adulto                              150 a 200 ml

Administração de enema de não-retenção ou lavagem intestinal

Para o preparo do material e o procedimento a ser utilizado deve-se considerar o medicamento prescrito, a idade, o tamanho e a condição do paciente. O tamanho da criança supera a idade em termos de avaliação.

Critérios utilizados no preparo do suprimento para enema de não retenção

• Adulto                             tubo retal n. 22 a 30 F. – inserir por 7,5 a 10 cm

• Escolar                           tubo retal n. 14 a 18 F. – inserir por 5,0 a 7,5 cm

• Pré-escolar                     tubo retal n. 12 a 14 F. – inserir por 3,8 a 5,0 cm

• Lactente                         tubo retal n. 12 F.     – inserir por 2,5 a 3,8 cm

Volume de líquido administrado conforme a idade por via retal

• Lactentes                        150 a 250 ml

• Pré-escolar                      250 a 350 ml

• Escolar                            350 a 500 ml

• Adolescente                    500 a 750 ml

• Adulto                              750 a 1000 ml

Executando a técnica para enema medicamentoso

– Providenciar:

• Frasco de enema conforme a prescrição médica (kit de enema descartável);

• Luvas;

• Compressas de gazes 10 x 10;

• Comadre;

• Papel toalha;

• Campo;

• Lubrificante hidrossolúvel;

• Tubo adequado para idade.

Executando a ação

• Avalie e oriente o paciente e o acompanhante sobre o procedimento;

• Tenha em mãos a papeleta do paciente e verifique a prescrição médica;

• Proporcione privacidade com o uso de um avental;

• Para minimizar peristalse, faça com que o paciente esvazie a bexiga e o reto antes de começar;

• Explique ao paciente para reter o líquido no reto por um determinado intervalo de tempo, para que o medicamento seja absorvido. Oriente para que relate qualquer aumento nas cólicas ou na dor;

• Coloque o paciente em decúbito lateral esquerdo na posição de Sims ou, quando necessário, em decúbito dorsal. Coloque um campo sob o paciente para proteger as roupas de cama;

• Calce as luvas e retire a tampa do tubo retal;

• Verifique a quantidade de lubrificante no tubo e, se necessário, espalhe um lubrificante hidrossolúvel sobre a compressa de gaze e mergulhe a extremidade do tubo retal no lubrificante;

• Aperte suavemente o frasco do enema para expelir o ar;

• Com a mão não-dominante, levante a nádega superior do paciente para expor o ânus;

Mais instruções ao paciente 

• Diga ao paciente que respire fundo. Quando ele inspirar, introduza a ponta do tubo dentro do reto;

• Para crianças acima de 11 anos, empurre o tubo por cerca de 10 cm. Para crianças de 4 a 10 anos, empurre o tubo por cerca de 8 cm. Para crianças de 2 a 4 anos, avance o tubo por cerca de 5 cm. Para o lactente, avance o tubo por cerca de 2,5 cm;

• Avance o tubo, obedecendo aos critérios mencionados acima, relacionado à idade do paciente;

• Aperte o frasco da solução até que ele esvazie. Retire o tubo retal, jogue o frasco, assim como os materiais descartáveis utilizados no procedimento.

Observações de Enfermagem

• Registrar no prontuário as alterações e resposta do paciente, checar o horário e o medicamento prescrito e o volume de líquido instilado;

• Proceder às orientações verbais e por escrito, no caso do paciente dar continuidade no tratamento em casa.

Auto-aplicação do enema

• Oriente o paciente a administrar o enema pela manhã, para não precisar ir ao banheiro à noite. Ficar próximo ao vaso sanitário;

• Lave as mãos. Abra a embalagem de enema descartável (marca prescrita pelo médico) e leia cuidadosamente a instruções;

• Segure o frasco de enema em posição ereta, segurando a capa sulcada do frasco com os dedos. Retire delicadamente a tampa protetora com a outra mão;

• Deite-se na cama sobre o lado esquerdo com o joelho direito flexionado, esta posição ajuda a solução do enema fluir para o cólon. Coloque uma toalha ou um campo sob as nádegas, para manter a cama seca;

• Se preferir você poderá usar a posição joelho tórax;

• Introduza suavemente a extremidade do frasco do enema cerca de dez centímetros no reto. Faça respiração lenta e profunda, à medida que você aperta lentamente o frasco para esvaziar a solução no reto. Quando o frasco estiver vazio retire a extremidade do reto;

• Como seu cólon está cheio, você irá sentir uma vontade imediata de defecar, tente resistir à vontade. Mantenha a solução no reto e no cólon por 2 a 5 minutos para um enema de limpeza e durante o maior intervalo de tempo possível para um enema oleoso de retenção. Em seguida, elimine a solução no vaso sanitário;

• Depois de defecar, limpe cuidadosamente a região anal. Depois disso, coloque o frasco de enema usado em sua caixa individual. Descarte a caixa, o campo e de todos os outros itens descartados.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema