Tratamento com aplicações térmicas

Tratamento com aplicações térmicas

A aplicação térmica externa, de calor ou frio, é um dos tratamentos mais antigos. É eficaz e proporciona efeito imediato.

O calor atua relaxando os músculos e facilitando a circulação através da vasodilatação, acalmando assim a dor, e diminuindo um pouco, e impedindo o edema local.

O frio age pela contração dos vasos sanguíneos, a dor local e impede a formação de hematomas e abscessos. Em certos tipos de ferimentos abertos controla a hemorragia.

Aplicações quentes

Têm como indicação proporcionar conforto e bem estar, aliviar a dor e inflamação, acelerar o processo de supuração de uma área, estimular a circulação, promover aquecimento, produzir relaxamento da tensão muscular. O calor é aplicado através de: bolsas de água quente, compressas quentes.

Material

Bolsa de borracha, forro para cobrir a bolsa, de preferência flanela, água quente.

Procedimentos

1. Certificar-se do local que deverá receber a aplicação;

2. Orientar o paciente sobre o procedimento;

3. Reunir o material;

4. Testar as condições da bolsa, para não ocorrer vazamento;

5. Colocar a água quente na bolsa, retirar todo o ar do interior da mesma e fechá-la;

6. Virar a bolsa com o gargalho para baixo, observar se está bem fechada e enxugá-la;

7. Cobrir a bolsa com o forro e observar se a temperatura através do pano está adequada;

8. Aplicar no local indicado e deixar no local no mínimo 20 minutos e no máximo 40 minutos;

9. Avaliar as condições da pele no local, 2 ou 3 minutos após a aplicação da bolsa, para certificar-se de que essa temperatura não vai causar queimaduras no paciente;

10. Terminada a aplicação, retirar a bolsa e manter a região agasalhada para evitar corrente de ar;

11. Deixar o paciente em ordem e confortável;

12. Esvaziar a bolsa e pendurá-la com o gargalo para baixo até secar;

13. Anotar o procedimento e o efeito no relatório.

Aplicações frias

Têm como indicação acalmar a dor, diminuir a congestão local, abaixar a febre, controlar hemorragia e diminuir processos inflamatórios. A aplicação fria é realizada através de bolsa de gelo e de compressas geladas.

Material

Bolsa de borracha, tecido para cobrir a bolsa e gelo picado.

Técnica para aplicação de bolsa de gelo:

1. Seguir os mesmos cuidados descritos na aplicação de bolsa quente;

2. Colocar as pedras de gelo na bolsa, enchendo até a metade;

3. Fechar a bolsa, testar se não há vazamento e enxugá-la;

4. Envolver a bolsa com a coberta (toalha, flanela);

5. Aplicar no local e deixar o tempo que for indicado, conforme prescrição médica;

6. Trocar o gelo sempre que necessário, se o tempo da aplicação for prolongado;

7. Retirar a bolsa ao término da aplicação, verificar o local observando o resultado;

8. Deixar o paciente confortável e em ordem;

9. Anotar o procedimento e o resultado no relatório de enfermagem.

Cuidados importantes

• Observar constantemente a área de aplicação. Qualquer alteração da pele e queixas do paciente, suspender o procedimento e comunicar o médico;

• Em pacientes idosos, inconscientes, desnutridos e crianças deve-se ter cautela quanto ao limite da temperatura, devido à maior sensibilidade da pele;

• Nunca colocar bolsa com água quente debaixo do paciente, para evitar compressão excessiva da mesma, pois resulta em vazamento e queimaduras ao paciente;

• Não fazer aplicação de bolsa de gelo além de 30 minutos, devido ao risco de causar necrose.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos na área da Saúde.

Mais artigos sobre o tema