Barreiras à comunicação: o que é?

Informações que por algum motivo chegam incompletas, decisões que não são de conhecimento geral dentro da empresa, departamentos que não conseguem alinhar suas demandas e processos. Esses são apenas alguns dos muitos problemas que podem ocorrer dentro da comunicação em uma empresa.

Uma comunicação eficiente faz com que a empresa tenha resultados extraordinários, pois todos trabalham em unidade. Segundo dados de um estudo da Harvard Business School, cerca de 70% dos problemas dentro das empresam advém, direta ou indiretamente, de barreiras na comunicação.

Conseguir lidar com essas barreiras dentro da empresa requer um estudo para que se consiga identificar de maneira precisa a fonte do problema. Assim, de posse dessa análise fica possível pensar em ferramentas e estratégias de comunicação para sanar as barreiras e melhorar o trânsito de idéias e dados entre os setores e colaboradores.

Precisamos destacar ainda que o processo de comunicação precisa andar lado a lado com a estrutura organizacional. Muitas vezes, as barreiras relacionadas à forma como os profissionais se comunicam estão em questões ligadas a esta estrutura. Assim é imprescindível que os líderes estejam comprometidos em remover esses obstáculos, fazendo com que não haja impeditivos de crescimento profissional e empresarial.

Vale destacar, que assim como qualquer mudança, mexer no fluxo de comunicação de uma organização requer paciência por parte dos envolvidos, Num ambiente empresaria nada ocorre de um dia para outro.

Quando a comunicação é mal interpretada ou não se realiza entre as pessoas, existe uma “barreira” no processo, que pode se apresentar das seguintes maneiras:


– A mensagem comunicada é recebida apenas em parte.

– A mensagem é distorcida ou mal interpretada.

– A mensagem não é captada e a comunicação é interrompida.



Existem os “filtros de escuta” no processo de comunicação, também temos as barreiras de comunicação. Estas barreiras, normalmente, são criadas pelos emissores e receptores das mensagens. O nível de influência das barreiras sob o processo de comunicação varia de acordo com as relações interpessoais existentes entre as pessoas envolvidas na comunicação. São exemplos de barreiras de comunicação:

  • A preocupação, que geralmente está no receptor da mensagem;
  • A hostilidade, que pode surgir em função de dificuldades e apatia nas relações interpessoais;
  • Estereótipos, que muitas vezes são criados por preconceitos relacionados a aparência física ou padrões preestabelecidos;
  • O comportamento defensivo, ocasionado principalmente por insegurança do receptor;
  • Distração, principalmente por falta de concentração tanto do receptor como do emissor;
  • Inibição, em algumas ocasiões geradas em detrimento do status diferenciado das pessoas que estão se comunicando.


Os problemas de comunicação podem gerar muito mais do que problemas internos na empresa, podem causar também problemas com os clientes, conseqüentemente, insatisfação, baixa produtividade e perda do market share. Para evitar estes problemas, a melhor sugestão é que você exercite a autopercepção e também perceba melhor os outros e o contexto de cada situação.

Gostou do conteúdo e ficou interessado em saber mais? Siga acompanhando nosso portal e fique por dentro de todas nossas publicações. Aproveite também para conhecer nossos cursos e ampliar seus conhecimentos.

Receba novidades dos seus temas favoritos

Se aprofunde mais no assunto!
Conheça os cursos nas áreas de Marketing e Design.

Mais artigos sobre o tema

Marketing e Design

Sociologia da comunicação

Comunicação social, também conhecida como “mídia” ou “comunicação de massa”, refere-se à transmissão de mensagens, de maneira ativa com o desígnio de atingirem um público

ler artigo »